Hoje é 21 de fevereiro de 2024 05:56
Hoje é 21 de fevereiro de 2024 05:56

17º Festival Italiano de Nova Veneza bate novo recorde de público

Estima-se que durante os quatro dias de festa cerca de 130 mil pessoas visitaram os 55 expositores do evento, que encerrou neste domingo
Programação cultural incluiu shows com tenores, danças típicas e baile de máscaras | Foto: Reprodução

O tradicional Festival Italiano de Nova Veneza, localizado a 30 quilômetros da capital, encerrou neste domingo (4/6), após quatro dias de festas, e bateu um novo recorde de público. Segundo a organização, cerca de 130 mil pessoas visitaram a 17º edição do evento neste ano. Na edição do ano passado, cerca de 100 mil visitantes passaram pela cidade.

O público teve à sua disposição 55 expositores nas áreas de artesanato, comida e bebida. Macarrão, lasanha, nhoque e a famosa polenta frita eram algumas das opções nos cardápios. A programação cultural incluiu shows com tenores, danças típicas e baile de máscaras.

“Hoje, o festival de Nova Veneza é referência não só em Goiás, mas uma festa que é reconhecida nacionalmente. São várias pessoas que conheço, que vêm de Brasília e outros estados para poder apreciar essa culinária italiana aqui com toda a qualidade e sabor,  além de ser uma cidade extremamente receptiva”, destaca o governador Ronaldo Caiado.  

Para se ter ideia do volume de insumos, para servir 20 mil pratos, a Cantina da Nonna, mais tradicional do festival, precisou de 20 vacas, o equivalente a sete toneladas de carne, e duas toneladas de frango. Para as massas, foram necessárias mais de três toneladas de macarrão. Os molhos, que são preparados no dia do evento, somaram cerca de cinco toneladas quando prontos. Para a polenta, 700 kg de fubá.

Ao todo, foram produzidas 3,5 mil unidades de lasanhas. A prefeitura estima que o ganho das famílias equivale a um 14º salário, o que movimenta toda a economia da cidade após a festa.

Nova Veneza — Fundada por uma colônia de italianos que chegou à região nos anos de 1912, atualmente 60% da população é descendente. Mas os demais 40% abraçaram a cultura e se orgulham por absorver a alegria, os hábitos culinários e outros traços culturais italianos.

Compartilhar em:

Notícias em alta