Hoje é 22 de fevereiro de 2024 05:37
Hoje é 22 de fevereiro de 2024 05:37

Anselmo Pereira minimiza crítica de Daniel Vilela a Rogério Cruz: ‘Ano eleitoral começa em 2024’

Vereador do MDB disse que ainda não avaliou detalhadamente as falas do presidente estadual do partido, mas que, diante da manifestação, já pediu para marcar uma audiência da bancada dos seis vereadores com Daniel
Vereador Anselmo Pereira, líder prefeito na Câmara Municipal de Goiânia: “Queremos ouvi-lo pessoalmente porque pode ter havido alguma distorção desnecessária” / Foto: NG

O vereador Anselmo Pereira (MDB), decano na Câmara Municipal de Goiânia, minimizou as falas do presidente estadual do MDB e vice-governador, Daniel Vilela, à gestão do prefeito Rogério Cruz (Republicanos) à frente da prefeitura da capital. Ao PORTAL NG, o líder prefeito disse que ainda não teve oportunidade de avaliar detalhadamente as falas, mas que, diante da manifestação, já pediu para marcar uma audiência da bancada dos seis vereadores com Daniel.

Em entrevista ao jornal O Popular, na terça-feira (4/7), o presidente do MDB criticou a administração do prefeito Rogério Cruz e disse que o partido “não pode embarcar em um projeto administrativamente incompetente”. Ele apontou “falta de expertise” do gestor municipal em áreas importantes e obras paradas.

“Queremos ouvi-lo pessoalmente porque pode ter havido alguma distorção desnecessária”, declarou Anselmo.

“Eu não acredito que uma pessoa experiente como o nosso vice-governador ia tecer tantas ilações num ano como esse. O ano eleitoral começa no ano que vem. E desnecessariamente, eu acredito que ele não quis dizer isso”, acrescentou.

O MDB elegeu em 2020 o prefeito Maguito Vilela, pai de Daniel, prefeito de Goiânia, mas com a morte do prefeito decorrente de Covid-19, o vice Rogério Cruz assumiu a prefeitura ainda em janeiro de 2021.

Apesar de atritos com uma ala do MDB, logo nos primeiros meses de mandato, o partido, que tem a maior bancada da Câmara, integra a base de apoio do prefeito.

“O MDB aqui é base, os seis vereadores são da base governista. Tanto é que o líder do prefeito é do MDB, até porque quando nosso prefeito foi eleito, ele foi eleito dentro de uma coligação do MDB, tendo Maguito Vilela o ator principal”, ponderou o vereador.

Anselmo Pereira sugeriu ainda que Daniel Vilela “pode ter feito uma manifestação de que o MDB tem que esperar os seus candidatos próprios se manifestarem”.

“Nada que amanhã impeça de fazer também as chamadas coligações ou parcerias”, concluiu.

Compartilhar em:

Notícias em alta