Hoje é 19 de julho de 2024 20:57
Hoje é 19 de julho de 2024 20:57

Aparecida de Goiânia alerta sobre riscos de Dengue durante período chuvoso

Cidade registrou em 2023 cerca de 12.465 casos confirmados da doença; Ministério da Saúde anunciou a incorporação da vacina que já tem calendário previsto para 2024
Município tem um Disque-busca para destinação correta de móveis velhos e eletrônicos e os telefones 0800 646 2500 e 3545-4819 onde se pode denunciar imóveis com focos do mosquito // Fotos: Jhonney Macena

A Prefeitura de Aparecida de Goiânia, por intermédio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), emitiu um alerta à população sobre a necessidade de prevenir focos de água parada durante o período chuvoso. Com o aumento dos criadouros do Aedes aegypti nesta época, torna-se crucial um esforço coletivo para conter a propagação da dengue e de outras doenças transmitidas pelo mosquito.

Em 2023, Aparecida de Goiânia registrou um aumento nos casos de doenças transmitidas pelo Aedes, com 16 mil notificações pela SMS, das quais 12.465 foram confirmadas. Um óbito causado pela dengue foi registrado, e outros seis casos estão sob investigação. Em Goiás neste mesmo período foram notificados cerca de 1.168 milhão de casos com a confirmação de 65.599 pessoas contaminadas pelo mosquito.

Os bairros com maior incidência de focos de dengue incluem Setor Buriti Sereno, Expansul, Colina Azul, Jardim Tiradentes, Independência Mansões, Jardim Olímpico, Serra Dourada I, Bairro Independência e Cidade Livre.

Segundo a Secretaria Municipal de Saúde, 70% dos focos de dengue ocorrem dentro das residências, enquanto os 30% restantes estão relacionados a lixos, pneus e entulhos descartados irregularmente.

Prefeitura reforça contatos do Disque-busca e denúncias de imóveis irregulares

De acordo com a administração municipal, ao longo do ano, as equipes da Vigilância em Saúde trabalham no combate ao Aedes Aegypti por meio de forças-tarefa, ações educativas, visitas domiciliares e recolhimento de pneus, intensificando essas medidas durante o período chuvoso. Durante o último Mutirão de Aparecida, realizado no Jardim Alto Paraíso, foram recolhidos 6,5 mil pneus, contribuindo para reduzir os criadouros em áreas abertas, lotes baldios e borracharias.

A população pode contar com o Disque-busca, serviço gratuito que realiza a retirada e destinação correta de móveis velhos e eletrônicos, solicitado pelo telefone 3545-9969. Para denúncias, a Prefeitura disponibiliza os telefones 0800 646 2500 e 3545-4819, visando informar sobre pneus acumulados, imóveis fechados, piscinas abertas ou abandonadas, caixas d’água destampadas e outras irregularidades que contribuam para a infestação das doenças.

Governo Federal anuncia vacinação contra Dengue via SUS

Foto: Igor Evangelhista – Ministério da Saúde

O Ministério da Saúde incorporou, no último dia 21 de dezembro de 2023, a vacina contra a dengue no Sistema Único de Saúde (SUS). O Brasil é o primeiro país do mundo a oferecer o imunizante no sistema público universal. 

A vacina, conhecida como Qdenga, não será utilizada em larga escala em um primeiro momento, já que o laboratório fabricante, Takeda, afirmou que tem uma capacidade restrita de fornecimento de doses. Por isso, a vacinação será focada em público e regiões prioritárias.  

A incorporação do imunizante foi analisada de forma célere pela Comissão Nacional de Incorporações de Tecnologias no SUS (Conitec) e passou por todas as avaliações da comissão que recomendou a incorporação.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), até junho de 2023, ocorreram 2.162.214 de casos e 974 mortes por dengue no mundo. Em 2022, foram notificados 2.803.096 casos de dengue na Região das Américas, sendo a maior parte deles no Brasil (2.383.001), que também liderou a ocorrência de formas graves, juntamente com a Colômbia.

Compartilhar em:

Notícias em alta