Hoje é 21 de julho de 2024 15:53
Hoje é 21 de julho de 2024 15:53

Após 20 anos, Hospital Estadual de Águas Lindas é inaugurado

Unidade de média e alta complexidade possui 164 leitos, sendo 40 de UTI’s, quase o dobro do tamanho previsto no projeto original
Governador Ronaldo Caiado entrega Hospital Estadual de Águas Lindas e visita primeiros pacientes atendidos: “O atendimento em saúde no Entorno deu uma virada, é outra realidade” // Fotos: Rômulo Carvalho e Hegon Corrêa/Igor Evangelista/MS

Após quase 20 anos de espera, a população do Entorno do Distrito Federal viu, nesta segunda-feira (17/06), o Hospital Estadual de Águas Lindas de portas abertas e com pacientes em tratamento. A inauguração foi realizada pelo governador Ronaldo Caiado, que percorreu as instalações da unidade e atestou o bom funcionamento, com realização de consultas, exames e internações.

“O atendimento em saúde no Entorno deu uma virada. É outra realidade, outro contexto”, frisou o governador.

Localizado no setor Parque da Barragem, o hospital recebeu o nome de Hospital Estadual Ronaldo Ramos Caiado Filho. A inauguração contou com a presença da ministra da Saúde, Nísia Trindade. A unidade, como todo hospital público, é parte do SUS (Sistema Único de Saúde).

“Quando assumi o governo, o Entorno não tinha nenhum leito de UTI e nem hospital estadual. Hoje tem em Luziânia, Formosa e Águas Lindas. Três grandes hospitais com estrutura de média e alta complexidade”, salientou Caiado.

Juntas, as unidades ofertam 70 leitos de UTI. Com o apoio da Policlínica de Formosa, também entregue pelo governador, elas regionalizam o sistema de saúde goiano.

A obra, que custou R$ 157 milhões do Tesouro Estadual, possui quase o dobro do tamanho previsto no projeto original, com 16 mil metros quadrados de área construída e estrutura para 22 consultórios, 164 leitos, sendo 40 de UTI’s, entre estes, 20 com suporte para atender bebês e crianças.

Homenagem – Filha do governador, a advogada Anna Vitória Caiado falou em nome da família de Ronaldo Ramos Caiado Filho, que faleceu em 2022 e dá nome ao hospital. “Aqui tem um pedaço do coração do meu irmão, que era preocupado com meu pai e com o que ele se propôs a fazer: cuidar das pessoas”, disse, emocionada.

Unidade terá urgência e emergência

O hospital terá urgência e emergência e conta com maternidade, bancos de sangue e de leite; e equipamentos para exames como tomografia, ressonância magnética e raio X. A abertura dos leitos será gradual, com previsão de entrar em atividade plena até agosto. Nesta manhã, cinco pacientes estavam internados e cerca de 160 consultas agendadas.

O titular da Secretaria de Saúde, Rasível dos Santos, lembrou que o hospital começou a funcionar na véspera da inauguração.

“Ontem internamos o primeiro paciente. Um agricultor, por causa de pneumonia”, contou, antes de ressaltar que os serviços necessitam de regulação. A gestão será realizada pela organização social Hospital e Maternidade Therezinha de Jesus, sob fiscalização do Estado.

O prefeito de Águas Lindas, Doutor Lucas, citou a espera da população local: “Sei que esse hospital é do estado, mas ele está grampeado no coração dos águas lindenses que, há 19 anos, aguardavam por esse momento”, relatou.

O vice-governador Daniel Vilela classificou a obra como “a mais emblemática” desta gestão. “Foram muitos desafios enfrentados para entregar esse hospital”, lembrou.

“E está com os profissionais já atuando, as pessoas sendo atendidas”, acrescentou.

Localizado em uma região populosa, a unidade de saúde deve beneficiar mais de 1,2 milhão de habitantes de 31 municípios da macrorregião Nordeste e Goiás.

Ministra anuncia maternidade e duas UBSs na cidade

Durante a inauguração do hospital, a ministra Nísia Trindade afirmou que o Novo PAC (Programa de Aceleração do Crescimento), do Governo federal, está chegando ao município de Águas Lindas. O Hospital Estadual de Águas Lindas, segundo a ministra, também obteve recursos do governo federal, que investiu mais de R$ 29 milhões na nova unidade.

“Muito em breve vamos assinar o termo de compromisso para construção de uma maternidade e duas Unidades Básicas de Saúde aqui na cidade”, disse, se referindo às obras que já foram selecionadas pelo programa.

A três obras do Novo PAC sinalizadas pela ministra Nísia somam mais de R$ 107 milhões para a saúde pública do município goiano.

“Isso é SUS. Esse é o compromisso da gestão do presidente Lula com a qualidade da atenção à população brasileira. O PAC está cumprindo seu compromisso junto ao governo do estado e à prefeitura de Águas Lindas. É fundamental garantirmos o acesso mais próximo à população”, declarou Nísia.

Compartilhar em:

Notícias em alta