Hoje é 29 de fevereiro de 2024 03:05
Hoje é 29 de fevereiro de 2024 03:05

Caiado anuncia convocação de 1.678 servidores para PM e Educação

Novos servidores foram aprovados em concursos públicos realizados em 2022, sendo 1.363 policiais militares e 315 professores; governador anunciou também criação de mais colégios militares

A Polícia Militar do Estado de Goiás vai receber reforço de 1.363 novos policiais e a educação de 315 novos professores. O anúncio da nomeação dos novos servidores concursados foi feito na manhã desta segunda-feira (22/5) pelo governador Ronaldo Caiado. Os novos servidores foram aprovados em concursos públicos realizados em 2022.

“Respeito ao dinheiro público, com boa gestão e transparência. Goiás hoje é um estado que cumpre suas responsabilidades”, disse o governador ao ressaltar que a convocação dos novos servidores só foi possível graças a recuperação financeira estabelecida pela atual gestão desde 2019.

Durante a coletiva de imprensa o governador ainda apresentou os resultados econômicos obtidos pelo Estado de Goiás nos últimos anos.

Para a Segurança Pública, a nomeação contempla 1.363 candidatos aprovados para os cargos de cadete, segundo-tenente e soldado de 2ª classe da PM. 863 serão nomeados ainda neste mês de maio e outros 500 serão convocados no mês de junho. O impacto orçamentário mensal na folha de pagamento será de mais de R$ 7,3 milhões e, no total, para o ano de 2023 é de R$ 58,6 milhões.

“Mesmo em um momento difícil, nossos policiais conseguiram transformar Goiás na maior referência de segurança pública do país. E hoje nós assinaremos o decreto onde novos policiais serão chamados e vão incorporar a nossa Polícia Militar”, enfatizou o governador.

Após a nomeação os novos policiais iniciam os cursos de formação na Academia da Polícia Militar. O comandante-Geral da PM, Coronel André Henrique Avelar, garantiu, que em menos de cinco meses, os policiais já estarão nas ruas.

“Não há dúvida nenhuma de que a segurança pública terá ainda mais redução em todos os índices de criminalidade com esse reforço e, claro, com a presença desses policiais militares em campo”, disse.

Já para a educação estão admitidos 315 candidatos aprovados para o cargo de Professor Nível III. O impacto financeiro é de R$ 45,7 milhões neste ano e, nos exercícios de 2024 e 2025, o valor é estimado em R$ 91,4 milhões. A nomeação dos concursados da Secretaria da Educação ocorre em quatro etapas, com chamamentos, entre maio e agosto, de 1.262 professores aprovados. O certame é o maior realizado na Educação nos últimos 12 anos.

‘Ganhamos um grande reforço no nosso corpo docente’

Durante o evento, o governador destacou o compromisso do governo estadual com a educação e segurança pública, na tentativa de romper o ciclo de pobreza por meio de ações na educação e segurança.

“Com essas nomeações, Goiás responde a uma demanda que é cada vez mais importante para o Estado, que é romper o ciclo da pobreza, que só pode ser vencido com uma educação de qualidade”, ressaltou o governador.

Para a secretária de Estado da Educação, Fátima Gavioli (foto), as ações do governo ressaltam o respeito à educação e aos servidores.

“Ganhamos um grande reforço no nosso corpo docente, o que aumenta a nossa capacidade em atender bem os alunos e reforçar o time da Secretaria de Educação”, disse a secretária.

Implantação de novos colégios militares

Ainda durante o anúncio da convocação de servidores, o governador Ronaldo Caiado anunciou a implantação de 10 novos Colégios Estaduais de Polícia Militar de Goiás (CEPMG). Caiado enfatizou que a medida chega em um momento em que a educação estadual está avançando com a recuperação da aprendizagem e tem se tornado referência nacional.

Os novos CEPMGs estão sendo implantados nos municípios de Águas Lindas de Goiás, Bela Vista de Goiás, Cristalina, Cidade Ocidental, Goiânia, Mineiros, Planaltina, Padre Bernardo, Santo Antônio do Descoberto e Silvânia.

“50% desses colégios já estão em funcionamento. Eles serão implantados em localidades em que nós temos escolas de tempo integral, escola regular e agora Colégio Militar. Os outros 50% estão em fase de implantação e funcionarão a partir de janeiro de 2024”, explicou a secretária de Estado da Educação, Fátima Gavioli.

Com o anúncio das novas implantações, a rede estadual passa a contar com 76 CEPMGs. Nesse número estão inclusas as Escolas Cívico-Militares de Goiás (ECIMs), que foram integradas aos colégios militares estaduais no início deste ano.

Confira a lista dos novos Colégios Militares

– CEPMG de Águas Lindas de Goiás

– CEPMG Professor José Monteiro Lima, em Padre Bernardo

– CEPMG José Elias de Azevedo, em Santo Antônio do Descoberto

– CEPMG do Setor Palmito, em Goiânia

– CEPMG Olga Aguiar Mohn, em Cristalina

– CEPMG Professora Alice Pereira Alves, em Mineiros

– CEPMG Ocidental, na Cidade Ocidental

– CEPMG Professora Lourdete de Fátima de Paiva Sutir, em Planaltina de Goiás

– CEPMG Doutor Belém, em Bela Vista de Goiás

– CEPMG Moisés Santana, em Silvânia

Compartilhar em:

Notícias em alta