Hoje é 24 de maio de 2024 06:49
Hoje é 24 de maio de 2024 06:49

Caiado defende integração nacional das forças de segurança

Para governador, queda dos principais indicadores de criminalidade em Goiás, segundo levantamento do próprio governo, comprova que colaboração entre as forças policiais dá resultado
Governador Ronaldo Caiado discursa em evento de representantes de entidades oficiais militares do Centro-Oeste: “Não existe Estado Democrático de Direito sem segurança pública” // Foto: Wesley Costa

O governador de Goiás, Ronaldo Caiado (União), defendeu, nesta quinta-feira (22/02), uma maior integração das forças de segurança para o combate da criminalidade. Ele comentou o tema durante abertura do 1º Encontro dos Presidentes de Entidades de Oficiais Militares do Centro-Oeste, em um hotel, em Goiânia.

“Não podemos fragmentar. A ação tem de ser nacional, com capilaridade em todo o território brasileiro”, argumentou Caiado.

Para Caiado, a queda expressiva dos principais indicadores de criminalidade em Goiás, segundo levantamento do próprio governo, comprova que a colaboração entre as forças policiais dá resultado.

“Não tem vaidade de uma em detrimento a outra. Aqui essa integração foi um dos fatores preponderantes para atingirmos o nosso nível atual de segurança”, reforçou, ao mencionar pesquisa recente que mostra a violência como fator que mais preocupa os brasileiros.

Puxando o tema para o contexto nacional, o governador goiano disse que o controle da segurança pública traz, além de bem-estar à população, desenvolvimento econômico.

“Nós temos de ter coragem e não nos acovardarmos nessa discussão no cenário nacional”, continuou.

“Não existe Estado Democrático de Direito sem segurança pública. É o primeiro mandamento que todos deveriam entender em qualquer lugar do País”, concluiu.

O encontro segue até esta sexta-feira (23/02), com participação de 500 oficiais e representantes da área de segurança Pública de todo o País. Presidente da Assof-GO, o coronel Allan Pereira Cardoso afirma que o objetivo do evento é promover um alto nível de debate, além da troca de conhecimento.

“Os gestores sairão daqui melhor qualificados, e o resultado disso será visto lá na ponta”, declarou o anfitrião do encontro.

Ao final da programação, quatro cartas de intenções serão elaboradas para serem entregues aos governadores de Estados da região Centro-Oeste.

O encontro é organizado pela Associação dos Oficiais da Polícia e do Corpo de Bombeiros Militar de Goiás (Assof/GO).

Compartilhar em:

Notícias em alta