Hoje é 23 de maio de 2024 22:30
Hoje é 23 de maio de 2024 22:30

Caiado troca comando da PM e anuncia incorporação de 500 policiais

Novo comandante-geral, coronel Marcelo Granja diz que trabalho será focado em inteligência e ações estratégicas para diminuir ainda os índices de criminalidade
Na posse do novo comandante-geral da PM, Caiado voltou a repetir que “o estado do crime não existe mais em Goiás” // Foto: Divulgação

O governador Ronaldo Caiado (UB) empossou, nesta segunda-feira (25/4), o novo Comando da PM. O coronel Marcelo Granja é o novo comandante-geral, em substituição ao coronel André Henrique Avelar de Sousa, que passa à reserva remunerada. Além do comandante-geral, foram realizadas substituições nos principais cargos de comando da corporação.

“O estado do crime não existe mais em Goiás e não vai florescer jamais enquanto estiver à frente do Governo”, voltou a repetir Caiado durante a transferência de cargo, realizada na Academia de Polícia Militar, em Goiânia.

Ao lado do vice-governador Daniel Vilela (MDB), Caiado elogiou o ex-comandante André Henrique e anunciou o ingresso de 500 novos policiais na corporação ainda esta semana.

Antes de chegar ao comando da PMGO, Marcelo Granja chefiou o Batalhão de Choque e os comandos de Missões Especiais, Operações do Cerrado e Policiamento da Capital, entre outros cargos.

“Vamos ter uma atuação forte, mantendo e até diminuindo ainda mais os índices criminais. Vamos trabalhar com inteligência e ações estratégicas, com deslocamento das tropas para zonas quentes de criminalidade”, explicou.

Ao passar o cargo, coronel André Henrique Avelar destacou a ação efetiva da corporação com a redução significativa de todos os índices criminais.

Durante a troca de comando, o governador também anunciou que, entre quarta-feira (27/03) e o fim desta semana, a corporação ganhará novos 500 novos policiais.

“Estamos recebendo os alunos, formandos em todo estado, já implementando as atividades de patrulhamento ostensivo e preventivo. E todos os comandantes estão implementando ações para que possamos reduzir ainda mais a criminalidade”, afirmou Marcelo Granja.

Compartilhar em:

Notícias em alta