Hoje é 15 de abril de 2024 04:02
Hoje é 15 de abril de 2024 04:02

Câmara de Iporá se antecipa e reconduz Naçoitan ao cargo de prefeito

Acusado de tentar matar a ex-mulher e o namorado dela, prefeito de Iporá agora usa tornozeleira e está proibido de se aproximar da vítima e familiares dela
Naçoitan Leite, prefeito de Iporá: após ser solto pela Justiça na sexta-feira, ele deixou o presídio e foi recebido por correligionários com festa na cidade // Foto: reprodução

Acusado de tentar matar a ex-mulher e o namorado dela, o prefeito de Iporá, Naçoitan Leite (sem partido), reassumiu o cargo de prefeito na noite de sábado. Ele foi solto pela Justiça na sexta-feira (16/2) e, após deixar o presídio, foi recebido com festa na cidade, já de noite.

No início da noite de sábado (17/2), a Câmara Municipal de Iporá, onde o político goza de amplo apoio, realizou sessão para reempossar Naçoitan no cargo.

Na decisão que deu liberdade provisória ao político, a Justiça determinou o uso de tornozeleira e também proibiu ele de se aproximar da vítima e dos familiares dela.

Naçoitan Leite estava preso preventivamente desde 23 de novembro do ano passado, depois de tentar matar a tiros a ex-mulher e o atual namorado dela.

Depois de conseguir a liberação, o advogado do prefeito, Thales José Jayme, disse que ele reassumiria o cargo na segunda-feira, mas a Câmara decidiu antecipar a posse.

A prefeitura vinha sendo administrada pela vice-prefeita, Maysa Cunha (PP), que assumiu o cargo interinamente no dia 4 de dezembro. A posse aconteceu quase duas semanas após a prisão de Naçoitan Leite. Maysa assumiu o cargo, após recomendação do Ministério Público de Goiás (MPGO) à Câmara Municipal.

Compartilhar em:

Notícias em alta