Hoje é 18 de junho de 2024 07:05
Hoje é 18 de junho de 2024 07:05

Carnaval da prefeitura de Goiânia alcança público de 130 mil

Programação teve shows de mais de 50 artistas na Praça Cívica, desfile de escolas de samba nos bairros e de blocos da diversidade no Cepal do Setor Sul e Praça Tamandaré
Denominado “Goiânia Tem Carnaval”, evento deste ano superou expectativa da Secretaria Municipal de Cultura: “Objetivo de democratizar o acesso à cultura e também diversificar todos os gêneros culturais foi alcançado com muito sucesso” // Fotos: Secult

O carnaval 2024 promovido pela Prefeitura de Goiânia, denominado “Goiânia Tem Carnaval”, superou as expectativas dos organizadores do evento. A estimativa da Secretaria Municipal de Cultura, organizadora do evento, é de que todas as atrações reuniram cerca de 130 mil pessoas.

Foram seis dias de folia, que teve início no dia 8/2, com a escolha do Rei Momo e Rainha do Carnaval 2024. A festa teve shows de artistas nacionais e locais na Praça Cívica, além de desfile de oito escolas de samba nos bairros, blocos da diversidade no Cepal do Setor Sul e Praça Tamandaré.

O último dia do evento, nesta terça-feira (13/2), foi de CarnaRock e contou com a apresentação de Batalha do Maranhas, Amabile, Banda Fuzo, Banda Romanov, DJ Lu, Banda Rocco, Banda Wormz e a Banda Shotgun. A noite foi encerrada com DJ Roberta Leão e DJ Wam Baster.

Nos outros dias, cerca de 50 atrações marcaram presença na Praça Cívica como Maristela Muller, Pedro Soberano, Jiraya Uai, DJ da Cachorrada, MC Jacaré, Tati Quebra Barraco, DJ Bella Lih, Escola de Samba Lua Alá, além de diversos outros DJs, bandas, duplas e cantores locais, blocos de carnaval de rua e artistas circenses. Os shows reuniram samba, funk, axé, sertanejo, eletrofunk, hip hop, rock e marchinhas de carnaval.

O secretário de Cultura da capital, Zander Fábio, comemorou o resultado do evento, o primeiro carnaval de Goiânia realizado neste porte pela atual gestão.

“Por várias vezes me emocionei ao ver a Praça Cívica lotada com tantos jovens, famílias e crianças curtindo o Carnaval. Nosso objetivo de democratizar o acesso à cultura e também diversificar todos os gêneros culturais foi alcançado com muito sucesso”, declarou Zander.

“Foram dias de recorde de público que cantou, dançou com segurança e toda a estrutura que a Prefeitura de Goiânia montou. Chegar ao último dia com um saldo de 130 mil pessoas prestigiando arte, música, as escolas de samba, os blocos, as bandas. Enfim, é muito gratificante”, acrescentou o secretário.

Nunca tinha visto Carnaval em Goiânia assim’

A estudante Thaynara Dias conta que aproveitou muito com amigos marcou três dias de programação na Praça Cívica.

“Nunca tinha visto Carnaval em Goiânia assim. Acho que a Prefeitura arrasou na programação, no local que fez o evento, por ser na praça pública, gratuito. Amei o show da Tati Quebra Barraco, sou superfã e nunca tinha ido a um show dela”, afirma.

Quem também não perdeu a folia foi a aposentada Maria Célia, que esteve presente com os netos e caiu na dança.

“Eles amam o DJ Jiraya Uai e eu não poderia deixar de trazê-los aqui. Um evento seguro, com crianças, famílias inteiras e muito policiamento. Sou avó e estou aqui curtindo bastante com eles. Portanto, deixo aqui meus parabéns à organização do evento e que Goiânia siga neste caminho. A cultura engrandece uma cidade, une as pessoas e proporciona alegria e diversão para todos nós”, declarou.

Foi uma festa muito bonita, eclética e saudável’

O secretário Zander Fábio (na foco com a cantora Tati Quebra Barraco) ressalta que todos os artistas participantes receberam cachê pago pela Prefeitura de Goiânia.

“Isso confirma nosso compromisso de incentivo e valorização, principalmente dos artistas locais”, diz, ao agradecer o Governo de Goiás, Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), Polícia Militar, Guarda Civil Metropolitana, a Secretaria Municipal de Mobilidade, Comurg – que ajudaram na realização do evento.

“Foi uma festa muito bonita, eclética e saudável. Agradeço aos servidores que se empenharam muito e a todos que, de alguma forma, colaboraram para que nosso evento terminasse com sucesso do início ao fim”, frisou.

Ainda segundo o secretário, Goiânia tem Carnaval, tem gente que trabalha por isso e merece a atenção do poder público. “E, claro, o goianiense merece e precisa de cultura cada vez mais”, conclui Zander Fábio.

Compartilhar em:

Notícias em alta