Hoje é 18 de junho de 2024 05:56
Hoje é 18 de junho de 2024 05:56

Casal é preso em Trindade por desvio de R$ 3 milhões de empresa e porte ilegal de armas e munições

A mulher, que não teve o nome revelado pela Polícia Civil, era supervisora e usava suas credenciais de acesso para realizar o desvio de cheques que eram compensados e o dinheiro compartilhado com seu marido
Durante abordagem policial na casa dos suspeitos foram encontradas 10 armas de fogo e mais de 2 mil munições // Fotos: PC-GO

A Polícia Civil de Goiás, por intermédio do Grupo de Repressão a Estelionato e Outras Fraudes, da Delegacia Estadual de Investigações Criminais, prendeu, no dia 30 de janeiro, em Trindade, um casal investigado por envolvimento no desvio de aproximadamente R$ 3 milhões em cheques furtados de uma empresa atacadista situada no Setor Campinas, em Goiânia, e depositados em favor dos autuados.

De acordo com a PC-GO, uma mulher, que trabalhava na empresa, e que não teve seu nome divulgado, mesmo estando de férias, continuou depositando, em sua conta bancária, cheques que após compensados tinham seus valores distribuídos, para a conta de seu marido. A funcionária usou suas credenciais privilegiadas do sistema eletrônico e financeiro da empresa para alterar datas e informações sobre vendas e recebimentos, dificultando o controle dos recursos desviados.

Na residência do casal, a polícia encontrou além de cheques furtados da empresa, objetos adquiridos com o dinheiro do crime, itens de luxo como jóias, automóveis e jetski. Também foram encontradas 10 armas de fogo e mais de 2 mil munições. O delegado Daniel Oliveira, responsável pelo caso, comentou sobre as investigações do caso para a imprensa. “Essa mulher era supervisora, fato que facilitou a ocultação dos desvios dos valores que eram compartilhados com seu marido. Eles esbanjam uma vida de ostentação. Esses objetos apreendidos serão usados para reverter os prejuízos causados à empresa”, destacou.

Compartilhar em:

Notícias em alta