Hoje é 23 de maio de 2024 21:07
Hoje é 23 de maio de 2024 21:07

Comurg afirma que não haverá demissão de servidores com terceirização da coleta de lixo

Segundo a empresa pública, os 1.157 homens e mulheres que trabalham nessas atividades serão aproveitados em outras funções na própria Companhia
Serviços de coletas orgânica e seletiva, remoção de entulhos e parte da varrição serão assumidos parcialmente pelo Consórcio LimpaGyn a partir da próxima semana e integralmente a partir de 23 de junho // Fotos: Comurg

A Companhia de Urbanização de Goiânia (Comurg) informou esta semana que a terceirização dos serviços de coletas orgânica e seletiva, remoção de entulhos e parte da varrição, com início previsto para a próxima terça-feira (23/04), não acarretará demissão de servidores. Os 1.157 homens e mulheres que se dedicam atualmente a essas atividades, segundo o informe, não serão remanejados para outros órgãos da Prefeitura, pois serão aproveitados em outras funções dentro da própria companhia.

De acordo com presidente da Comurg, Rodolpho Bueno, o objetivo é garantir que a coleta passe regularmente na casa das pessoas nos dias e horários programados, evitando transtornos com o acúmulo de lixo.

“Goiânia era a última capital do Brasil que ainda fazia a coleta de lixo. A terceirização vai possibilitar um salto de qualidade no serviço, uma vez que os caminhões que temos à disposição estão com problemas mecânicos por conta do tempo de uso”, afirma Bueno.

O Consórcio LimpaGyn vai assumir de forma integral as coletas de lixo, remoção de entulhos, bem como parte varrição a partir do dia 23 de junho. Um acordo coletivo da Comurg definiu que os trabalhadores dessas áreas serão realocados para outras tarefas relacionadas à limpeza e urbanização das vias públicas. As equipes de manutenção e poda preventiva de árvores, por exemplo, devem ser reforçadas.

“Goiânia é a cidade com mais área verde por habitante do Brasil. Nossa realidade não se assemelha à de nenhum outro lugar, são muitas árvores, e ainda assim conseguimos prestar um bom serviço. De todo modo, a chegada de novas pessoas ao time vai tornar o atendimento à comunidade mais eficiente e ágil. Todos têm a ganhar”, assegura Bueno.

Compartilhar em:

Notícias em alta