Hoje é 29 de fevereiro de 2024 03:40
Hoje é 29 de fevereiro de 2024 03:40

Daniel Vilela busca investimentos e transferência de tecnologia na área energética

No primeiro dia de trabalho da comitiva goiana no país asiático, vice-governador coordenou reuniões de negócios e esteve na embaixada brasileira; representantes de Aparecida de Goiânia acompanham missão
Comitiva goiana na China teve reunião com empresários do ramo energético: “Temos interesse em ser o primeiro estado brasileiro a receber os investimentos em uma área tão estratégica para Goiás” // Fotos: Bruno Farias

O primeiro dia de trabalho da comitiva goiana que está na China, liderada pelo vice-governador Daniel Vilela, foi pautado por reuniões com a maior empresa chinesa de geração de energia, por visita técnica a um dos maiores parques tecnológicos do país e por um encontro diplomático na Embaixada Brasileira. Paralelamente, representantes do setor produtivo goiano, que também integram a missão, tiveram uma primeira rodada de negócios com empresários chineses.

A missão internacional foi idealizada pelo governador Ronaldo Caiado com o objetivo de atrair empresas e indústrias da China para Goiás e para potencializar o relacionamento dos empresários goianos com aquele mercado que é o maior parceiro comercial do estado – o que também deve resultar no aporte de mais investimentos chineses em Goiás. A agenda desta segunda-feira (12/6) teve como finalidade abrir canais de diálogo para concretizar parcerias relevantes. É a primeira vez que uma comitiva goiana visita a China na gestão do governador Ronaldo Caiado.

“Estamos aqui apresentando aos senhores as nossas potencialidades porque temos interesse em ser o primeiro estado brasileiro a receber os investimentos da Beijing Energy Group para uma área tão importante e estratégica para o desenvolvimento de Goiás”, disse o vice-governador Daniel Vilela aos dirigentes da Beijing Energy Group, uma das maiores empresas de geração de energia no mundo.

“Temos recebido investimentos chineses em áreas como mineração e produção de placas solares. Agora, estamos aqui em busca de mais parcerias”, acrescentou o vice-governador, que destacou as vantagens de investir em Goiás.

“O estado ocupa localização estratégica, próxima a Brasília, a capital federal. Temos o sétimo maior parque industrial do país e somos referência nacional na produção de grãos. Além disso, temos um ambiente político favorável para estabelecer parcerias internacionais graças ao governador Ronaldo Caiado, político de liderança nacional, que já foi senador, deputado e está em seu segundo mandato”, acrescentou.

Também nesta segunda-feira, a comitiva goiana esteve no Tuspark, um grande parque tecnológico com quase três décadas de existência, onde deram início à articulação que permitirá assinatura de um protocolo para transferência de tecnologia e troca de conhecimento. O objetivo é que Goiás avance na implementação de usinas geradoras de energia através do lixo.

No Tuspark, Daniel disse vislumbrar a implantação de projetos que gerem energia via resíduos sólidos de acordo com a divisão do estado em três regiões: a primeira seria formada por cidades goianas de menor densidade populacional; a segunda, pela capital e a região Metropolitana; e a última pelos municípios do Entorno do Distrito Federal.

“Infelizmente, tanto o Governo Federal quanto o Congresso Nacional não têm dado celeridade a esta discussão, ao passo que a produção de lixo aumenta gradativamente”, pontuou o vice-governador.

A agenda do primeiro dia foi encerrada com uma reunião na Embaixada do Brasil. Daniel Vilela e os demais integrantes da comitiva encontraram-se com o embaixador Marcos Bezerra Abbott Galvão. A diferença de fuso horário entre China e Brasil é de 11 horas a mais em relação ao horário de Brasília.

Programação – Nesta terça-feira, o vice-governador terá reuniões também em Beijing para tratar de possíveis investimentos chineses em setores como ferrovia, logística e infraestrutura. A partir do dia 14 de junho, a comitiva desembarca em Zhengzhou, capital da Província de Henan, considerada importante centro da rede de transporte chinesa. (As informações são da assessoria do Governo de Goiás)

Representantes de Aparecida de Goiânia mostram potencialidades do município

Os secretários municipais de Indústria e Comércio, Felismar Martins, e da Fazenda, Einstein Paniago, e o deputado estadual Veter Martins integram a comitiva goiana liderada pelo vice-governador, Daniel Vilela, na China. O grupo de políticos e empresários partiu na quinta-feira (8/6) para o país asiático, onde permanecerá em contato com grandes empresas, associações industriais e membros do governo nas próximas duas semanas.

Os representantes de Aparecida de Goiânia participam de encontros e rodadas de negócios com diversas empresas, destacando as potencialidades e as condições favoráveis que a cidade apresenta para novos investidores. O objetivo é fechar parcerias e trazer investimentos que possam contribuir para o desenvolvimento do município.

Na Tsinghua University, que é uma das melhores universidades do mundo e referência em inovação, em Pequim, os representantes de Aparecida de Goiânia conheceram iniciativas voltadas para o meio ambiente e iniciaram tratativas para parcerias que, através do uso de tecnologia, melhoram a qualidade de vida em grandes centros urbanos.

“Trata-se de um complexo moderno que abriga muitas startups. Conhecemos bons trabalhos nas áreas de tratamento de lixo, energia renovável, reciclagem e limpeza urbana”, explica Einstein Paniago.

“Colocamos, inclusive, o diretor do Campus Aparecida da Universidade Federal de Goiás, Professor Júlio César, para conversar com os pró-reitores chineses para estudar um termo de cooperação em pesquisa e permutas em tecnologias que podem favorecer nossa cidade”, comenta o secretário da Fazenda.

A comitiva aparecidense também se reuniu com o embaixador do Brasil na China, Marcos Bezerra Abbott Galvão.

“Apresentamos os índices que apontam para o crescimento econômico de nossa cidade, destacamos os investimentos em infraestrutura e frisamos que Aparecida é uma cidade competitiva com forte vocação para o setor industrial, graças aos diversos polos”, explica Felismar Martins.

Aparecida se destaca pela localização geográfica no Centro-Oeste brasileiro, com acesso a rodovias federais que favorecem a logística para escoamento da produção de gigantas brasileiras e até multinacionais. Além disso, a administração municipal incentiva o setor produtivo com políticas públicas que fomentam a geração de emprego e renda.

Ainda nesta segunda-feira (12), a comitiva goiana participa de um jantar com empresários chineses. No encontro, os representantes da cidade goiana vão reforçar que o município está à disposição para receber novos investidores. A chegada de empresas eleva a arrecadação, gera emprego e renda para população.

“Estamos iniciando essa missão e nos próximos dias vamos conhecer várias empresas e modelos de negócios que podem ser replicados em Aparecida”, diz Veter Martins.

“Os chineses, que são competitivos, estão encantados com os números da cidade e, sobretudo, com o desenvolvimento industrial”, acrescenta o deputado, sobre as primeiras reuniões.

Compartilhar em:

Notícias em alta