Hoje é 21 de fevereiro de 2024 05:09
Hoje é 21 de fevereiro de 2024 05:09

Detran promove Semana de Atenção à Faixa de Pedestre em ações na capital e no interior

Campanha de conscientização visa estimular respeito à parada nas ruas e avenidas das cidades e reduzir o índice de acidentes com e sem vítimas fatais no trânsito
Esse ano, Goiás registrou 1.559 atropelamentos, resultando em 77 óbitos // Ascom Detran Goiás

O Departamento Estadual de Trânsito de Goiás (Detran-GO) anunciou ontem (04/12), o lançamento da Semana Goiana de Atenção à Faixa de Pedestre, uma iniciativa voltada para conscientizar a população sobre a importância de adotar medidas preventivas para evitar acidentes no trânsito. A ação, que se estenderá até sexta-feira (08/12), contará com mais de 300 atividades educativas e uma campanha publicitária veiculada em diferentes canais de comunicação em todo o estado.

De acordo com dados da Secretaria de Segurança Pública, entre janeiro e outubro deste ano, Goiás registrou 1.559 atropelamentos, resultando em 77 óbitos. Esses números alarmantes revelam uma média de cinco atropelamentos diários e uma morte a cada quatro dias. O presidente do Detran-GO, delegado Waldir, classificou esses dados como inaceitáveis e destacou a necessidade de focar na proteção dos pedestres, considerados a parte mais vulnerável do trânsito.

“Sem nenhuma proteção, o risco de ferimentos graves aumenta para os pedestres em caso de acidentes. E quando protegemos os pedestres, estamos protegendo a todos. Em algum momento, somos todos pedestres, especialmente as crianças”, destacou Waldir.

Durante o lançamento da iniciativa do Governo de Goiás, a estudante Clara Mello, vítima de um atropelamento em agosto deste ano, compartilhou sua história de mais de 40 dias em coma e as consequências das fraturas que sofreu na coluna, tórax e clavícula. Clara enfatizou a importância de sensibilizar as pessoas para o respeito à faixa de pedestre.

Campanha fará ações presenciais em 10 regiões diferentes de Goiânia

Uma força-tarefa, composta por educadores de trânsito, policiais militares e servidores do Detran, realizará blitze educativas em diversas regiões de Goiânia, distribuindo materiais educativos e orientações sobre a travessia segura. Goiânia foi dividida em 10 regiões, com pelo menos duas delas sendo atendidas diariamente durante todos os dias das ações.

O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) estabelece que deixar de dar preferência ao pedestre na faixa é considerado infração gravíssima, sujeita a multa de R$ 293,47 e 7 pontos na carteira de habilitação. Mesmo na ausência de faixa, o motorista deve permitir que o pedestre complete a travessia, sob pena de infração grave, com multa de R$ 195,23 e 5 pontos na CNH.

É importante destacar que, mesmo na faixa, o pedestre tem obrigações, devendo acenar para indicar a intenção de atravessar e aguardar que os veículos parem antes de iniciar a travessia. A Semana Goiana de Atenção à Faixa de Pedestre busca reforçar a importância do respeito mútuo entre motoristas e pedestres, visando a segurança no trânsito.

Compartilhar em:

Notícias em alta