Hoje é 21 de fevereiro de 2024 11:57
Hoje é 21 de fevereiro de 2024 11:57

Fechada com Vilmar, vereadora Camila Rosa acusa ausência de Vanderlan em Aparecida

Parlamentar aponta falta de diálogo do presidente estadual do PSD em relação à montagem da chapa de candidatos a vereador; senador afirma que tem conversado com todos os dirigentes municipais da sigla
Vereadora Camila Rosa: “Neste ano eleitoral, uma das maiores dúvidas nossas, candidatos, hoje, é saber qual a chapa que você vai concorrer” // Fotos: NG

A vereadora Camila Rosa, presidente do PSD em Aparecida de Goiânia, já decidiu que apoiará a reeleição do prefeito Vilmar Mariano (MDB) na eleição de outubro. Além disso, a parlamentar, em entrevista ao PORTAL NOTÍCIAS GOIÁS, manda um recado ao presidente estadual do PSD, senador Vanderlan Cardoso: ele precisa dialogar com os representantes do partido em Aparecida, afinal trata-se do segundo maior colégio eleitoral do estado.

“Eu sou Vilmar Mariano e vou caminhar com ele. Tenho dito isso a todos que me procuram, a todas as minhas lideranças, eu já reuni e já disse, não é o meu candidato, não, gente, é o nosso candidato”, disse Camila ao repórter Vinícius Portugal.

Afinada com o gestor que substituiu Gustavo Mendanha, Camila defende o trabalho de continuidade desenvolvido por Vilmar à frente da prefeitura.

“É uma gestão que trabalha com responsabilidade, pensa nas pessoas e que investe em políticas públicas e pensa sempre na inclusão, que é uma das pautas políticas minhas, inclusive”, explica.

Pretendo continuar no PSD’, afirma parlamentar

Demonstrando insatisfação com o comando estadual do PSD, Camila Rosa cita especialmente a falta de diálogo do presidente da sigla em Goiás, senador Vanderlan Cardoso, em relação às articulações para montagem da chapa de candidatos a vereador. O partido conta com dois vereadores em Aparecida de Goiânia.

“Neste ano eleitoral, uma das maiores dúvidas nossas, candidatos, hoje, é saber qual a chapa que você vai concorrer”, argumenta a vereadora, ao cobrar um “diálogo político mais firme” dentro do partido.

“Eu estou no PSD, pretendo continuar. Mas tenho tido dificuldade de ter esse diálogo político com o nosso presidente estadual, senador Vanderlan”, acrescenta Camila Rosa, nome em ascensão no partido e que disputou uma vaga de deputado federal em 2022.

“Nosso senador da República, tem muitos afazeres, tem tido um importante papel na reforma tributária, ele esteve em Aparecida explicando isso detalhadamente, mas, politicamente, pelo menos eu tenho tido dificuldade em conversar com ele, com a assessoria dele”, admite a vereadora.

Outro lado: senador diz que tem trabalhado em todos os municípios

Sobre a reclamação de falta de diálogo da vereadora Camila Rosa, a assessoria do senador Vanderlan Cardoso enviou, a pedido do PORTAL NG, a seguinte nota:

A declaração da vereadora nos surpreendeu, pois a recebemos e a atendemos as vezes que fomos procurados. Além dela, em Aparecida, temos dialogado com vários outros companheiros, como o ex-prefeito e pré-candidato Ademir Menezes e o ex-deputado Max Menezes. Como presidente estadual do PSD, temos trabalhado em todo o estado e já instituímos diversas Comissões Provisórias Municipais, e nossos presidentes estão orientados na formação das chapas de vereadores a fim de promover o crescimento do PSD em Goiás, incluindo Aparecida de Goiânia.

Senador Vanderlan Cardoso

Presidente do PSD-GO”

Compartilhar em:

Notícias em alta