Hoje é 21 de julho de 2024 17:47
Hoje é 21 de julho de 2024 17:47

Goiânia tem queda expressiva na criminalidade, em comparação com 2018

Em levantamento divulgado pelo Governo estadual, homicídios dolosos, por exemplo, caíram 75,8% na Capital, nos seis meses de 2024
Governador Ronaldo Caiado durante anúncio de queda nos indicadores de criminalidade: “Orgulho de comandar a melhor segurança pública do país” // Fotos: André Saddi e Romullo Carvalho

Na comparação entre o primeiro semestre de 2024 e o mesmo período de 2018, Goiânia teve queda de 75,8% no número de homicídios dolosos, quando há intenção de matar. A informação faz parte de dados divulgados pelo Governo de Goiás nesta segunda-feira (08/07) que ressaltam a redução da criminalidade na capital do estado.

“A garra com que os profissionais fazem a nossa segurança é algo que me emociona a cada dia. Tenho orgulho de ser comandante em chefe da melhor segurança pública do país”, afirmou o governador Ronaldo Caiado, durante divulgação dos dados coletados pelo Observatório de Segurança Pública, no Palácio Pedro Ludovico Teixeira, em Goiânia.

Os resultados positivos, segundo Caiado, são fruto do investimento do estado na segurança pública e do esforço dos profissionais da área. Ele voltou a lembrar que segurança pública é condição para existência do Estado Democrático de Direito.

De acordo com o Observatório de Segurança Pública, órgão ligado à Secretaria de Estado da Segurança Pública, houve um recuo expressivo dos crimes ligados ao patrimônio em Goiânia, no comparativo entre o primeiro semestre de 2018 com o mesmo período de 2024. Roubos e furtos de veículos, por exemplo, caíram 95,2% e 74,6%, respectivamente, nessa comparação. Enquanto no primeiro semestre de 2018 foram contabilizados 1.918 roubos de veículos, nos primeiros seis meses deste ano, foram apenas 92 ocorrências. No caso dos furtos, as ocorrências passaram de 1.621 para 412.

Ainda de acordo com os números divulgados pelo Governo, a capital também teve forte diminuição de roubos e furtos a transeuntes. Foram 9.479 registros de roubos no primeiro semestre de 2018; no mesmo período deste ano, 984 – queda de 89,6%. Enquanto isso, os furtos passaram de 10.575 para 827 – queda de 92,2%, na comparação entre os dois períodos.

Além de roubos e furtos a residências, que caíram 86,6% e 49,5%, respectivamente, houve também variação negativa dos roubos em comércio, que recuaram 89,8%. Roubos de cargas e roubos a instituições financeiras foram simplesmente zerados. Diferente do primeiro semestre de 2018, não houve registros de ocorrências destas modalidades de crimes no primeiro semestre de 2024.

Se Goiânia vai bem, o estado vai bem’

Para o secretário de Segurança Pública, Renato Brum (foto), a redução dos índices de criminalidade em Goiânia espelham a situação da segurança pública no estado: “Se Goiânia vai bem, o estado vai bem”, diz.

O secretário destacou ainda a expressiva redução dos indicadores de criminalidade na capital, como em homicídios dolosos, feminicídios (-71,4%) e roubos a instituições financeiras. Ele parabenizou os auxiliares.

“Vamos continuar fazendo a melhor segurança pública do país”, garantiu.

Compartilhar em:

Notícias em alta