Hoje é 21 de fevereiro de 2024 11:56
Hoje é 21 de fevereiro de 2024 11:56

HMAP atende mais de 142 mil pessoas em 2023 e se consolida como referência na América Latina

Maior hospital público construído por uma prefeitura em Goiás é reconhecido pela qualidade e humanização nos procedimentos cirúrgicos, exames de imagem e laboratoriais e consultas
Em visita durante inauguração da ala de hemodinâmica, ano passado, o ministro do governo Lula, Alexandre Padilha, elogiou a eficiência do hospital que integra o SUS // Fotos: Secom Aparecida

O Hospital Municipal de Aparecida de Goiânia – Iris Rezende Machado (HMAP) registrou 142.166 atendimentos em 2023. Sob gestão da Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein e vinculada à Secretaria Municipal de Saúde (SMS), a unidade se destaca pela realização de 7.502 procedimentos cirúrgicos, 96.779 exames de imagem, 30.397 exames laboratoriais e 7.488 consultas ambulatoriais no ano passado.

Reconhecido como o 18º melhor no “Ranking de Clínicas e Hospitais da América Latina” em novembro de 2023, o HMAP é o 5º melhor hospital brasileiro entre os 20 primeiros classificados. Além disso, ocupa a 2ª posição entre os hospitais públicos do país e é o líder na região Centro-Oeste.

A premiação, realizada pela revista América Economia e pela empresa de pesquisas IntelLat, envolveu 46 hospitais de 10 países, destacando o HMAP como referência no setor de saúde. O prefeito Vilmar Mariano ressalta o sucesso do hospital no Sistema Único de Saúde (SUS). “Esse gigante oferece o que há de melhor em cuidado, eficiência e tecnologia às pessoas. É um verdadeiro caso de sucesso no SUS.  Recordo que, em 1º de julho de 2023, quando inauguramos a ala de hemodinâmica do Hospital, o ministro de Relações Institucionais da Presidência da República, Alexandre Padilha, não economizou elogios para o HMAP”, afirmou o prefeito.

O secretário de Saúde, Alessandro Magalhães, destaca o HMAP como a principal vitrine do aprimoramento da Saúde Pública em Aparecida. Enfatiza os investimentos da prefeitura, a capacitação dos profissionais e o compromisso com tecnologia e excelência. “Em 2024 avançaremos ainda mais. O SUS ainda não é o Sistema perfeito com o qual todos nós sonhamos, porém, em Aparecida, estamos empenhados, com muito planejamento e o melhor aproveitamento possível dos recursos públicos, em corrigir entraves, superar desafios e salvar vidas”, ressaltou o secretário.

Inaugurado em dezembro de 2018, o HMAP é o maior hospital estadual construído por uma prefeitura, com 235 leitos operacionais, incluindo 35 UTIs adultas, 10 pediátricas, 180 apartamentos e 10 salas cirúrgicas. O acesso aos serviços é coordenado pela Central Municipal de Regulação.

Compartilhar em:

Notícias em alta