Hoje é 21 de fevereiro de 2024 05:07
Hoje é 21 de fevereiro de 2024 05:07

Homem é preso por manter os pais em situação precária e exploração financeira

Mulher de 87 anos, cadeirante, encontrava-se acamada e, ao ver os policiais, pediu por ajuda o tempo todo, suplicando por água, comida e para ser levada ao hospital
Policiais civis solicitaram ajuda do Corpo de Bombeiros para encaminhar idosos ao hospital devido ao estado de desidratação e desnutrição // Foto: PC/GO

A Delegacia Especializada no Atendimento ao Idoso de Goiânia (Deai) prendeu em flagrante nesta terça-feira (9/1) um homem de 52 anos de idade, por explorar financeira os pais e mantê-los em situação precária. A prisão ocorreu em residência na Vila Redenção, em Goiânia.

De acordo com a assessoria de Comunicação da Polícia Civil de Goiás, a ação policial foi desencadeada logo após notícia anônima feita pelo disque denúncia da Deai. O informante contou que um casal de idosos, ela com 87 anos e ele com 92 anos de idade, era vítima dos crimes de exploração financeira e maus tratos, tendo por autor o filho.

O noticiante aduziu que o autor estava de posse dos cartões bancários dos pais há mais de um ano, mas não custeava as despesas com alimentação, vestuário, higienização da casa e medicamentos necessários para a sobrevivência dos anciãos.

Situação de ‘extrema precariedade e abandono’

Diante das informações, a equipe multidisciplinar da especializada (formada por policiais, uma psicóloga e uma assistente social) realizou diligência até a casa dos idosos, onde o casal foi encontrado em situação de “extrema precariedade e abandono”.

“A casa estava demasiadamente suja, sem alimentação adequada e com restos de alimentos na geladeira, que exalava forte odor de podridão”, informou a Polícia Civil.

A idosa, cadeirante, encontrava-se acamada e molhada de urina. Ao ver os policiais, pediu por ajuda o tempo todo, suplicando por água, comida e para ser levada ao hospital, clamando de dores no corpo. Ao ser questionada se recebia alimento do filho, alegou que era alimentada apenas com bolachas, mas que não conseguia degluti-las. O idoso, por sua vez, apresentou desnutrição, palidez, além de estar com as vestes sujas.

Quarto do suspeito tinha armas e objetos góticos

No quarto do autor havia um facão, um punhal e um porrete de madeira, além de vários objetos góticos. Ademais, foram encontrados dentro de um copo no armário do ambiente os cartões bancários dos idosos, além de documentações demonstrando que mais de 10 empréstimos foram realizados nas contas das vítimas.

Os policiais solicitaram ajuda do Corpo de Bombeiros para encaminhar a idosa ao hospital devido seu estado de desidratação, desnutrição e uma escara próximo à nádega, o que também foi feito em relação ao idoso.

Na ocasião do resgate, a equipe de bombeiros se emocionou quando viu a idosa pedir comida. A sargento bombeiro Kamila providenciou um prato de mingau para a idosa, que comeu como se há dias não tivesse se alimentado.

O autor foi autuado pelos delitos de maus tratos e exploração financeira, cujas penas somadas ultrapassam cinco anos de reclusão. Ele está à disposição do Judiciário.

Compartilhar em:

Notícias em alta