Hoje é 24 de maio de 2024 08:23
Hoje é 24 de maio de 2024 08:23

Homem é preso por perseguir e extorquir professor idoso, em Goiânia

Suspeito teria extorquido mais de R$ 30 mil e foi preso em flagrante após a vítima, cansada das ameaças, registrar ocorrência na Delegacia do Idoso
Segundo a investigação, o autor aproveitava-se do espírito caridoso da vítima que o ajudara em momentos de crise financeira e de debilidade física // Fotos: Divulgação/PCGO

Policiais da Delegacia Especializada no Atendimento ao Idoso prenderam, em flagrante delito, um homem, de 36 anos, pelos crimes de perseguição, extorsão e dano qualificado, praticados contra um idoso, de 61 anos, professor na rede estadual de ensino. A prisão aconteceu na terça-feira (30/4), em Goiânia.

Segundo a Polícia Civil, os dois primeiros crimes aconteciam há mais de um ano, visto que o autor, sob confusão de sentimentos e aproveitando o espírito caridoso da vítima que o ajudara em momentos de crise financeira e de debilidade física, depois de recuperado, passou a exigir que ele lhe desse dinheiro para pagar seu aluguel, transporte, roupas e alimentação. Para tanto, perseguia o idoso em sua residência, no trabalho e durante seus momentos de lazer, com ameaças e injúrias.

“Esse indivíduo vinha explorando financeiramente a vítima, pessoa conhecida no meio em que trabalha por ser honesta, por ser empreendedora. Ele confundiu sentimentos, esse autor, por conta de uma situação envolvendo esse idoso e envolvendo ele”, revela o delegado Alexandre Bruno.

Delegado Alexandre Bruno, da Delegacia do Idoso

“O idoso ficou sabendo que ele tinha problemas com enfermidades, tinha problemas financeiros, resolveu ajudá-lo por dois, três meses, mas esse autuado, como disse, confundiu os sentimentos e passou então a fazer conta desse dinheiro. Uma vez prestado esse atendimento por parte da vítima, e cessado esse atendimento, esse autor começou a extorquir essa vítima”, acrescenta o investigador.

Suspeito tentou resistir à prisão, em porta de banco

Cansada das perseguições e das extorsões, no dia 29 de abril de 2024 a vítima registrou ocorrência sobre os fatos e, imediatamente, os levantamentos investigativos passaram a ser efetivados, com o fim de apurar a veracidade dos fatos.

Com os passos do autor devidamente monitorados, no dia seguinte ao registro os policiais encarregados para a investigação foram acionados, dando conta que a vítima estava, mais uma vez, sendo ameaçada pelo autor em frente a uma agência bancária quando receberia seus vencimentos.

Dessa forma, a equipe policial foi até o local e lá encontrou com o autor tentando segurar a vítima e uma amiga que o acompanhava, por intermédio da janela do automóvel que estava em movimento. Os policiais conseguiram alcançar os envolvidos, prendendo o homem, que tentou resistir à prisão, tendo danificado o automóvel com arranhões e amassados.

Na delegacia constatou-se que o autor já extorquiu a vítima em mais de R$ 30 mil reais. A vítima, de tanto ser perseguida, já mudou de endereços várias vezes.

As ações investigativas prosseguem, visto que há indícios de que o autor tenha feito outras vítimas.

Compartilhar em:

Notícias em alta