Hoje é 23 de abril de 2024 00:45
Hoje é 23 de abril de 2024 00:45

Homem é preso suspeito de enganar mais de 15 pessoas em Goiás 

De acordo com a polícia, suspeito de aproximava das vítimas pela internet, pedia dinheiro e sumia; prejuízos vão até R$ 300 mil
Durante abordagem, polícia apreendeu quase R$ 3 mil em espécie com o homem | Foto: Divulgação/Polícia Civil

Um homem foi preso suspeito de aplicar golpes em pessoas com quem se relacionava amorosamente. Segundo a Polícia Civil, investigações mostram que ele enganou mais de 15 vítimas por todo Brasil.

Além do mandado de prisão preventiva, a polícia também bloqueou as contas bancárias do suspeito. A prisão aconteceu nesta quarta-feira (18/10), em Aparecida de Goiânia.

Durante a abordagem, os agentes encontraram no bolso do homem quase R$ 3 mil em espécie. Ele foi encaminhado para o presídio local.

De acordo com o delegado João Carlos de Freitas Junior, o suspeito sempre agia da mesma forma. Primeiro, conhecia as vítimas pela internet e iniciava relações amorosas com o intuito de ganhar a confiança delas. Passado um tempo, começava a pedir dinheiro, alegando que precisava pagar algum tratamento.

Quando a vítima enviava a quantia solicitada, o homem desaparecia. Segundo a polícia, além do prejuízo financeiro, ficou também o sentimento de enganação por parte das vítimas.

Os mandados cumpridos nesta semana foram realizados devido a um golpe aplicado contra uma vítima de Águas Lindas de Goiás. 

Segundo o delegado, o homem se aproximou da vítima e começou um relacionamento amoroso com ela. Após ganhar confiança, pediu R$ 5 mil emprestado para ajudar no tratamento de saúde de um familiar, que supostamente mora no Mato Grosso. A vítima se comoveu com a história e enviou o valor solicitado, mas depois disso, ele desapareceu.

Em 2019, agindo da mesma forma, o homem também enganou um funcionário público do Tribunal de Justiça do Distrito Federal (TJDF). Porém, dessa vez, a vítima teve um prejuízo de R$ 300 mil.

A polícia não divulgou o nome do homem, por isso não foi possível localizar a sua defesa.

Compartilhar em:

Notícias em alta