Hoje é 22 de fevereiro de 2024 04:08
Hoje é 22 de fevereiro de 2024 04:08

Justiça condena ex-BBB Dhomini por agressão à empresário e advogado

Goiano vencedor de reality show disse que irá registrar o pagamento de sua pena de serviços comunitários em pequenos vídeos em seu perfil numa rede social
Dhomini assinou acordo com o Ministério Público de Goiás para prestar 40 horas de serviços comunitários como pena por crime cometido em julho deste ano // Foto: Instagram

O ex-BBB Dhomini assinou na última sexta-feira, dia 24, um acordo com o Ministério Público de Goiás para cumprir 40 horas de serviços comunitários como pagamento de uma pena por um episódio em que agrediu o empresário Ailton Gomes Maranhão e o advogado dele, Artur Camapum, em julho deste ano em Goiânia.

O desentendimento entre os três aconteceu por conta da acusação de Dhomini de que eles estariam desviando recursos de um bar, do qual as vítimas da agressão alegam não terem sociedade, mas apenas acordos comerciais com o ex-brother.

O vencedor da 3ª edição do reality show da TV Globo disse à imprensa que pretende registrar em uma série de vídeos o pagamento de sua pena à Justiça. “Vou usar essas horas para fazer muito conteúdo, mostrando para todos que a violência não é a solução e que a justiça do Brasil funciona”, comentou.

O empresário e o advogado agredido também falaram à imprensa e consideraram a resposta e reação de Dhomini à condenação como ‘deboche’. “Isso só demonstra o quanto ele é uma pessoa sem índole, que debocha da justiça e comprova que a justiça precisa endurecer a legislação para esse tipo de pessoa. O Código Penal tem uma legislação muito branda para esses casos, então a gente já imaginava que no final das contas não seria tão prejudicial para ele”, lamentaram.

Compartilhar em:

Notícias em alta