Hoje é 29 de fevereiro de 2024 02:18
Hoje é 29 de fevereiro de 2024 02:18

Kleber Marra traça ações para enfrentar danos causados pela chuva

Em uma hora choveu 54,6 mm em Caldas Novas, o que é considerado uma “tempestade violenta”, que causou pontos de desmoronamento, alagamentos de vias e quedas de árvores em vários bairros
Após reunião de emergência com o secretariado, ainda no domingo, chefe do Executivo analisou relatórios preliminares da Defesa Civil e Corpo Bombeiros e visitou áreas atingidas // Foto: Divulgação

O prefeito de Caldas Novas, Kleber Marra (MDB), convocou no início da noite deste domingo (7/1) uma reunião de emergência com seu secretariado para fazer um levantamento detalhado dos prejuízos causados pela forte chuva que atingiu a cidade. Além de discutir os impactos da tempestade, a reunião serviu para adotar medidas de enfrentamento dos danos, além de estabelecer um cronograma de trabalho para os próximos dias.

Conforme o chefe do Executivo, neste primeiro momento estão sendo analisados os relatórios preliminares da Defesa Civil e do Corpo Bombeiros. Em seguida, serão traçadas ações para fazer frente aos transtornos causados pela forte chuva, que causou pontos de desmoronamento, alagamentos de vias e quedas de árvores em vários bairros.

“Foi uma chuva muito intensa”, resumiu o prefeito.

“Estamos com nossos secretários acompanhando o trabalho de avaliação e trabalho emergencial das equipes da prefeitura e da Defesa Civil, em vários pontos da cidade. Uma força tarefa foi montada e está de sobreaviso para medidas emergenciais, visando, sobretudo, a integridade física e o bem-estar das pessoas”, garantiu Kleber Marra.

A orientação da Defesa Civil é para que a população fique atenta e também tome os devidos cuidados, especialmente em relação a possíveis alagamentos, deslizamentos de terra e descargas elétricas (raios). Outra recomendação é que evite sair às ruas no momento de chuvas fortes. Qualquer situação de emergência e auxílio pode ser comunicada às autoridades por meio dos telefones (64) 99285 1649 ou pelo 193 (Corpo de Bombeiros).

Compartilhar em:

Notícias em alta