Hoje é 23 de maio de 2024 21:45
Hoje é 23 de maio de 2024 21:45

Moradores unem forças na busca por Samylla Vitória, desaparecida em Aparecida de Goiânia

Pessoas se voluntariam e fazem o possível para ajudar a encontrar a criança que desapareceu nesta quarta-feira (04)
Posto de comando dos bombiros para coordenar as buscas. Foto: Assessoria Bombeiros

Os Bombeiros Militares de Goiás entram no terceiro dia de busca por Samylla Vitória, de 6 anos, neste sábado (06). A menina foi levada pela força da enxurrada no Bairro Cidade Livre em Aparecida de Goiânia nesta quarta-feira (04).

Cerca de 25 bombeiros estão nas proximidades do córrego Lages, para onde ela pode ter sido arrastada. Os agentes montaram um Posto de Comando onde organizam as equipes náuticas, terrestres e aéreas. Além disso, drones também estão sendo utilizados para otimizar as buscas que começaram logo depois de a criança desaparecer.

Os moradores da região também estão empenhados em ajudar nas buscas pela menina, as pessoas se mobilizaram voluntariamente para procurar por ela. Até uma tenda foi montada para oferecer comida e água aos que deixaram as suas responsabilidades diárias para encontrá-la.

Entenda o caso

Samylla Vitória caminhava ao lado da mãe no cruzamento da Rua Santa Cruz com a Avenida Contorno, em Aparecida de Goiânia. A menina levava a mochila da escola, de onde estava voltando, nas costas, quando foi arrastada pela força da água e não foi mais vista.

Um morador afirma que entrou na mata e pulou no córrego para procurar a menina assim que viu as pessoas pedindo ajuda. “Pulei para dentro do córrego para poder acompanhar a enxurrada, ver o que nós podíamos fazer, só que a correnteza foi extensa demais, muito alta, a água chegou até a altura do meu peito. Então, não teve muito o que fazer nessa hora e nós tivemos que voltar”, disse Anderson Souza à imprensa.

Nesta sexta-feira (05) a mochila da menina foi encontrada a 5 km do local de onde ela foi levada. O pai Uanderson Douglas Pereira da Silva se emocionou ao receber os pertences da filha, que estavam cheios de lama.

Compartilhar em:

Notícias em alta