Hoje é 21 de fevereiro de 2024 05:51
Hoje é 21 de fevereiro de 2024 05:51

Polícia Civil prende suspeitos de roubo de R$ 6 milhões em um banco de Crixás

Durante a execução do mandado de busca e apreensão foram identificados os responsáveis por usar cartões para acessar dinheiro furtado em 2022
Suspeitos também usaram investimentos em criptomoedas como destino do dinheiro roubado // Foto: Ascom PC-GO

A Polícia Civil de Goiás, por intermédio da Delegacia de Polícia de Crixás, desencadeou nesta quinta-feira (25) a Operação Enredo em Marabá, no Pará. A ação decorre de uma investigação sobre o furto de mais de R$ 6 milhões de duas contas bancárias de uma instituição financeira do município de Crixás, ocorrido em janeiro de 2022. 

Foi executado um mandado de busca e apreensão, e foram identificados os responsáveis por receber os cartões utilizados para realizar transações com parte do dinheiro retirado do banco. Na residência de Marabá, foram encontrados cartões bancários usados para efetuar compras e saques de parte dos valores furtados. 

Os suspeitos também se envolveram em investimentos em criptomoedas para empregar os valores roubados. Parte dos valores furtados foi localizada em contas bancárias vinculadas aos investigados e foi bloqueada pelo sistema Bacenjud após ação policial solicitando o sequestro das quantias provenientes do crime.

O delegado de Crixás Douglas Costa, que é responsável pela investigação, revelou detalhes sobre o caso. “Os indivíduos presos se passaram por funcionários do banco para instalar o software responsável pela extração do dinheiro das contas dos clientes. Foram feitos 14 pix para 14 diferentes contas bancárias para dificultar o rastreamento do dinheiro furtado. A Polícia Civil identificou os envolvidos e realizou a busca e apreensão, e também a prisão dos suspeitos que receberam os cartões para uso do dinheiro roubado”, contou.

Compartilhar em:

Notícias em alta