Hoje é 23 de abril de 2024 00:47
Hoje é 23 de abril de 2024 00:47

Prefeitura de Aparecida implanta redutores de velocidade para melhorar a segurança no trânsito

Equipamentos estão instalados em pontos com maiores números de acidentes causados pelo excesso de velocidade; investimento também está sendo feito na sinalização das vias com faixas e placas para orientar os condutores
Secretário Executivo de Mobilidade e Trânsito, Avelino Marinho: “Antes de definir os locais fizemos estudos técnicos que justificam a instalação dos equipamentos” // Foto: Jhonney Macena

A prefeitura de Aparecida de Goiânia, por meio da Secretaria Executiva de Mobilidade e Trânsito (SMTA), está implantando equipamentos redutores de velocidade para diminuir a quantidade de acidentes de trânsito na cidade. Após realizar processo de licitação, conforme previsto pela legislação, os equipamentos estão sendo instalados em 80 pontos, onde são registrados acidentes, sobretudo, causados pelo excesso de velocidade.

Além das lombadas, a SMTA também está investindo na sinalização das vias, implantando faixas e placas para orientar os condutores de veículos.

 “Antes de definir os locais fizemos estudos técnicos que justificam a instalação dos equipamentos”, aponta Avelino Marinho, gestor da SMTA.

“Na primeira etapa de implantação foram escolhidos os pontos já existes, no contrato anterior. Nos outros pontos foram levados em consideração a necessidade de diminuir a velocidade em locais com ocorrências e/ou com possibilidade de acidentes. Com o objetivo principal de preservar a segurança viária de todos, principalmente os pedestres”, justifica o secretário.

Avelino Marinho explica ainda que, após a instalação, os equipamentos de fiscalização serão auditados pelo Inmetro.

“O trabalho não é feito do dia para noite. Neste momento, estamos instalando. Logo depois, será feita a aferição pelo órgão competente, o Inmetro. Na terceira fase, vamos fazer campanhas de conscientização sobre educação no trânsito e implantação das lombadas. As autuações serão feitas somente após todas essas etapas”, esclarece Avelino.

Recomendação internacional

A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda a redução de velocidade em estradas e vias urbanas como ferramenta auxiliar na busca pela queda do número de acidentes e mortes no trânsito. Em vias arteriais e coletoras, a velocidade recomendada é de 50 km/h. Aponta ainda que um atropelamento a uma velocidade de 60 Km/h equivale a aproximadamente a uma queda do sexto andar de um prédio e 98% de risco de o pedestre morrer.

Monitoramento constante

O Programa Vigilância de Violências e Acidentes (Viva) aponta informações importantes coletadas entre janeiro e junho deste ano. Em Aparecida de Goiânia, por exemplo, 70% dos envolvidos em acidentes foram homens. Ainda segundo o levantamento, mais de 84% afirmaram que usavam algum dispositivo de segurança no momento do acidente.

Outro dado alarmante aponta que 38% dos envolvimentos em algum tipo de acidente de trânsito estavam sob efeito de álcool, conforme detectado por profissionais de saúde envolvidos na ocorrência. Outros 9% confessaram que haviam consumido algum tipo de bebida.

Em relação aos dias da semana, o Viva identificou aumento no número de acidentes, em Aparecida de Goiânia, aos domingos, sextas-feiras e sábados, respectivamente.

Foram estudados ainda os acidentes de trânsito envolvendo menores de idade. Neste caso, mais de 67,3% eram condutores, 25% passageiros e apenas 1,7% passageiros. Os acidentes envolvendo motocicleta correspondem a 49% dos casos e outros 48%, bicicleta.

Compartilhar em:

Notícias em alta