Hoje é 15 de abril de 2024 03:10
Hoje é 15 de abril de 2024 03:10

Prefeitura de Goiânia lança Corujão de Ultrassonografia para realizar 120 mil exames e zerar fila de espera

Teleconsulta entrará em contato com os pacientes potenciais para realizar o agendamento dos atendimentos que irão acontecer entre 19h e 23h nas clínicas credenciadas
Prefeito Rogério Cruz afirmou em lançamento que a expectativa é zerar a fila em até quatro meses // Fotos: Jackson Rodrigues

A Prefeitura de Goiânia lançou ontem, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), o programa Corujão de Ultrassonografia que tem como objetivo realizar nos próximos quatro meses cerca de 120 mil exames em horários alternativos, especialmente no período noturno, entre às 19 e 23 horas. A expectativa é de que a fila de espera seja eliminada. Iniciativa integra conjunto de ações inovadoras que estão sendo desenvolvidas pela gestão municipal, como a Carreta da Saúde e o programa Remédio Rápido.

Durante o lançamento, o prefeito Rogério Cruz destacou que a estrutura do projeto conta com 12 clínicas da rede privada, que abrirão as portas para atender os pacientes do sistema público em horários alternativos e em que os equipamentos estão mais ociosos, especialmente no período noturno. 

O chefe do executivo explicou que o Teleconsulta da SMS entrará em contato com os pacientes para agendar os procedimentos, ou seja, não há necessidade de procura das unidades de atendimento para realização de agendamentos. “Com esse trabalho sério, a expectativa é zerar, dentro de quatro meses, a fila de espera por ultrassonografias”, anunciou o prefeito. 

Diversos tipos de ultrassonografias serão disponibilizadas, como do abdômen, sistema urinário, próstata, pélvis e da tireoide. O atendimento será escalonado com base no tempo de espera. Pedidos com espera superior a 180 dias serão priorizados e os pacientes terão acesso a consulta em telemedicina e, caso haja necessidade, os exames serão agendados e realizados pelos prestadores do Corujão. Nos pedidos com até 60 dias, o fluxo segue procedimento padrão da SMS. 

Secretário de Saúde de Goiânia, o médico Wilson Pollara explica que a iniciativa foi inspirada em experiências exitosas realizadas na rede pública de São Paulo, onde também atuou como secretário. “Tivemos resultados lá e será uma experiência inovadora aqui também. Existem clínicas que a partir das 15 horas já não têm movimento e nesses horários alternativos elas atenderão os pacientes da rede pública, durante sete dias da semana”, disse.

Cronograma de atendimento dos pedidos de ultrassonografias

– Pedidos com até 60 dias: prestadores atuais, agendamento normal.

– Pedidos com espera entre 61 e 180 dias: pacientes serão contactados para saber se ainda aguardam para fazer o exame.

– Pedidos com espera superior a 180 dias: pacientes passarão por consulta em telemedicina com equipe médica do Idtech e, caso ainda haja necessidade, o exame será agendado e realizado pelos prestadores do Corujão.

Compartilhar em:

Notícias em alta