Hoje é 21 de fevereiro de 2024 05:03
Hoje é 21 de fevereiro de 2024 05:03

​Redes públicas estadual e municipais iniciam aulas do ano letivo de 2024

Com mais de 620 mil alunos, as redes estadual e as dos dois maiores municípios, geridas pelas prefeituras de Goiânia e Aparecida de Goiânia, montaram estratégias para acolhimento dos estudantes
Em Aparecida de Goiânia, prefeito Vilmar Mariano acompanhou abertura do ano letivo para mais de 55 mil crianças da Educação Infantil e do Ensino Fundamental, matriculadas nas escolas municipais e Cmeis // Foto: Rodrigo Estrela

Cerca de 450 mil estudantes da rede pública estadual de Educação iniciaram nesta segunda-feira (22/01) o ano letivo de 2024. Na mesma data também começaram as aulas para mais de 172 mil alunos das duas maiores redes municipais de educação do estado, das prefeituras de Goiânia e Aparecida de Goiânia.

Na rede estadual, a data foi definida em Calendário Escolar, aprovado pelo Conselho Estadual de Educação (CEE), e marca o primeiro dos 201 dias letivos deste ano. O retorno dos profissionais da Educação às escolas ocorreu, na semana passada, para a execução do planejamento das atividades pedagógicas e organização das ações de acolhimento aos estudantes.

Segundo a Secretaria Estadual de Educação, os alunos da rede pública receberão, a partir de segunda-feira, os kits de uniformes e materiais escolares, entregues pelo Governo de Goiás desde 2021. Neste ano, a capa dos cadernos universitários é estampada com figuras que representam a cultura e a história de Goiás e as belezas do Cerrado. Estudantes matriculados no 9º ano do Ensino Fundamental e na 3ª série do Ensino Médio receberão, ainda, os chromebooks, computadores entregues em regime de comodato e que visam auxiliar na execução das atividades escolares.

Prefeitura de Goiânia retoma aulas de olho no trânsito

Em Goiânia, segundo a prefeitura, ao todo, 378 escolas e Cmeis retornaram nesta segunda-feira (22/1) o atendimento educacional. São 117 mil estudantes confirmados na rede municipal de ensino da capital.

Além de preparar as escolas para o ano letivo, a gestão municipal está promovendo a “Ação Volta às Aulas”, e que agentes da Secretaria Municipal de Mobilidade (SMM) realizam trabalho educativo de trânsito na porta de 20 unidades educacionais. Ações seguem até o dia 2 de fevereiro.

Este ano, segundo a secretaria de Educação, será de consolidação do trabalho realizado na recuperação da aprendizagem pós-pandemia, que elevou a posição de Goiânia de 9º para 4º colocado no Ideb entre as capitais.

“Sabemos a importância dos agentes de trânsito estarem nas ruas neste período. Temos um retorno de cerca de 25% a 30% dos veículos que saíram em época de férias. Estamos nos principais pontos de Goiânia para garantir uma volta às aulas mais tranquila para todos”, explicou o diretor de Trânsito da SMM, Horácio Mello.

A ação visa conscientizar pedestres e motoristas sobre a importância do respeito à legislação de trânsito. Serão abordados, dentre outras questões, o estacionamento em fila dupla para desembarque de alunos e uso da cadeirinha e capacete para transporte de crianças.

“Apesar de a nossa campanha ser educativa, não abriremos mão de realizar o trabalho também ostensivo. Não vamos tolerar o desrespeito às normas de trânsito, principalmente quando essas normas vão ferir diretamente a criança. Isso nós não vamos tolerar”, concluiu Horácio.

De acordo com o secretário municipal de Educação (SME), Rodrigo Caldas, em cerca de duas semanas será iniciada a entrega dos kits escolares para os alunos da rede municipal. O benefício, criado na gestão do prefeito Rogério, oferece uniforme e materiais escolares para os estudantes.

“Acredito que, no mais tardar, em 15 dias vamos iniciar a entrega dos kits escolares. Estamos aguardando as confirmações das matrículas para poder comprar os uniformes de acordo com o tamanho das nossas crianças. Agora, com esses números que vão ser apresentados, vamos dar a ordem de serviço para que esses uniformes sejam confeccionados”, afirmou o titular da SME, ressaltando que, em 2023, a entrega dos kits foi realizada no mês de março.

Vamos investir mais na educação’, diz prefeito de Aparecida

Em Aparecida de Goiânia, mais de 55 mil crianças da Educação Infantil e do Ensino Fundamental, matriculadas nas escolas municipais e Cmeis de Aparecida de Goiânia, iniciam aulas nesta segunda-feira (22/01). A abertura do ano letivo foi realizada na Escola Municipal Santa Cecília e contou com a presença do prefeito Vilmar Mariano e secretária municipal de Educação, Idelma Oliveira.

“A escola é o melhor espaço para o ensino-aprendizagem. Este ano será de muitas conquistas. Vamos investir mais na educação, na reforma de escolas, na oferta de uniformes e material escolares para todos os alunos da rede”, afirmou Vilmar, ao recepcionar os alunos e desejar um ano de muito aprendizado.

A secretária de Educação, Idelma Oliveira, ressaltou que, para o ano letivo de 2024, as equipes pedagógicas terão como foco a melhoria dos resultados da aprendizagem e, para isso, priorizará dois eixos básicos, que são a leitura e a escrita.

“Entendemos que o trabalho com a leitura e escrita está na base da formação das nossas crianças. Por isso, vamos investir muito mais no ensino-aprendizagem. Além de desenvolver projetos pedagógicos, focados no desenvolvimento humano dos nossos alunos”, disse.

Na oportunidade, foi realizada a entrega simbólica dos kits de uniformes para todos os estudantes. A novidade é que, além de calças, shorts, saias e blusas, que tradicionalmente compõem os uniformes, a prefeitura adquiriu tênis para todas as crianças. Para uniformizar as crianças da Educação Infantil e os estudantes do Ensino Fundamental, a Prefeitura de Aparecida investiu cerca de sete milhões de reais.

A diretora da escola, Ronice Maria, destacou a importância de investir na educação: “A nossa escola tem mais de 900 crianças. O uniforme faz toda diferença na vida do aluno. A família não precisa comprar uniforme, o que facilita demais”, afirmou.

Maria Clara, 13 anos, do 8º ano do Ensino Fundamental, falou da sua expectativa para 2024.

“É muito bom a volta às aulas. A gente aguardava por esse momento. Agora é estudar”, afirmou.

A secretária de Assistência Social e primeira-dama, Sulnara Santana, também esteve presente na solenidade e falou da importância da escola para a transformação da sociedade.

“Os servidores da Educação vêm prestando um serviço de excelência para a sociedade aparecidense. Esse trabalho refletirá num amanhã melhor, com uma sociedade mais justa”, concluiu.

GCM garante segurança nas unidades

A Rede Municipal de Educação de Aparecida contará este ano com 131 unidades escolares na oferta da Educação Infantil e das duas fases do Ensino Fundamental. Além dos 33 Cmeis, 56 Escolas Municipais e cinco Emeis, mantém convênio com 37 entidades conveniadas com a Prefeitura.

Para este ano, a fim de garantir a segurança dos alunos e a tranquilidade dos pais, será mantido o programa Escola Segura, com os serviços de Ronda Escolar realizados pela Guarda Civil Municipal (GCM), que também realizará, ao longo do ano letivo, palestras sobre segurança, bullying e violência. Outra parceria que será mantida é com a Secretaria Executiva Mobilidade e Trânsito de Aparecida (SMTA) na realização de monitoramento do trânsito nas imediações das unidades de ensino.

Participaram do evento o deputado estadual Veter Martins (Patriota), os secretários municipais Tia Deni (Políticas para a Mulher), Brunna Lomazzi (Transparência), Poliana Oliveira (Governo), Marlúcio Pereira (Habitação) e Divino Ajax (Articulação Metropolitana), além dos vereadores Marcos Miranda (Republicanos) e Camila Rosa (PSD).

Compartilhar em:

Notícias em alta