Hoje é 25 de fevereiro de 2024 16:41
Hoje é 25 de fevereiro de 2024 16:41

Rogério Cruz: ‘Alcançamos bons resultados com diálogo entre gestão municipal e setor produtivo’

Prefeito tem discutido diretamente com a classe empresarial pautas como os planos de mobilidade e de administração tributária e envio à Câmara de leis complementares do Plano Diretor
Rogério Cruz durante encontro realizado na sede da Facieg: prefeito destacou que em Goiânia as áreas de transporte coletivo e mobilidade também avançam em tecnologia e inovação // Fotos: Jucimar de Sousa

O prefeito de Goiânia, Rogério Cruz, destacou durante reunião com representantes do Fórum Empresarial, resultados obtidos graças ao diálogo entre a gestão municipal e empresários. O encontro ocorreu nesta segunda-feira (12/6), na Federação das Associações Comerciais, Industriais, Empresariais e Agropecuárias do Estado de Goiás (Facieg).

“Essas reuniões ocorrem desde o ano passado. Alcançamos bons resultados diante daquilo que foi colocado à mesa, sempre com muito diálogo, pensando no melhor para nossa cidade”, comentou o prefeito.

O presidente da Facieg, Márcio Luís, afirmou que Rogério Cruz está sempre à disposição para ouvir e dialogar com o Fórum Empresarial.

“É muito importante a interlocução do setor produtivo com o setor político. O prefeito é muito parceiro, e é por meio dessas reuniões que poderemos construir uma capital cada vez melhor para o goianiense”, observou.

Dentre as pautas abordadas durante a reunião, estiveram o plano de mobilidade, ações da prefeitura junto à Câmara para acelerar processo de leis complementares do Plano Diretor, estimativa de apresentação do projeto de revitalização do Centro de Goiânia, andamento da Nota Fiscal Eletrônica, projeto de desenvolvimento de polos industriais e serviços, previsão de envio da lei do fundo garantidor à Câmara, acompanhamento do projeto de licitação das obras de drenagem da prefeitura, ITBI, projeto de Lei 334/22 sobre transporte escolar no município de Goiânia, Plano Anual de Administração Tributária.

No início da reunião, o presidente da Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg), Sandro Mabel, solicitou ao prefeito a verificação de mudanças para a licença provisória para atividades de baixo risco, bem como a aprovação de matérias complementares do Plano Diretor para agilizar a abertura de empresas.

A chefe de gabinete da Secretaria Municipal de Planejamento Urbano e Habitação (Seplanh), Verônica Mansur, usou a palavra para explicar como estão as leis complementares do Plano. Ela destacou que a prefeitura adquiriu um sistema que vai automatizar a emissão de documentos de Uso do Solo – Atividade Econômica.

“Cerca de 70% dos processos de documentação de uso do solo vão passar por análise automática, não mais por análise humana, totalmente parametrizados e feitos a partir da compensação da taxa. Realizamos os devidos testes no sistema, e a partir de hoje, às 16h, ele estará em operação”, disse a chefe de gabinete.

“Em mais uma reunião produtiva, é gratificante saber que o sistema passa a funcionar hoje. Com a análise automática do documento de uso de solo, as empresas poderão ser abertas de forma rápida e dinâmica, como deve ser”, afirmou Sandro Mabel.

Rogério Cruz destacou o trabalho das pastas de Finanças, Planejamento e Tecnologia para trazer o novo sistema inteligente para acelerar serviços prestados pela prefeitura.

“Como tudo que é novo, o processo de trazer inovações tecnológicas é complicado, mas estamos trabalhando para isso e conseguimos instalar a plataforma”, afirmou.

O prefeito ainda comentou as leis complementares do Plano Diretor e ressaltou a importância da parceria com a Câmara Municipal.

“Precisamos da colaboração dos vereadores para que as leis complementares sejam aprovadas o mais breve possível”, disse.

Prefeito aponta avanços em mobilidade e transporte público

Rogério Cruz destacou que a mobilidade também avança em tecnologia e inovação. Ele explicou que as alterações em vias são executadas após estudos técnicos, para melhoria do trânsito.

“Com a tecnologia do drone que utilizamos, conseguimos analisar com eficiência em todos os aspectos o tráfego de pedestres e veículos”, explicou.

Ele também ressaltou o reconhecimento do Ministério do Turismo, que selecionou Goiânia como uma das cidades brasileiras para se tornarem Destinos Turísticos Inteligentes (DTIs). Um dos critérios levados em consideração foi o plano de mobilidade e o programa de cidade inteligente, bem como ações de desenvolvimento de economia criativa. A capital goiana obteve o segundo lugar na classificação geral.

De acordo com o prefeito, soluções são construídas também em parceria com o Governo de Goiás.

“O governador já está levando nosso sistema de transporte público para as cidades do entorno do Distrito Federal. O executivo do município está alinhado com o executivo do Estado para desenvolver projetos como esse”, destacou.

O presidente da Companhia Metropolitana de Transportes Coletivos (CMTC), Tarcísio Abreu, afirmou durante a reunião que a exigência do prefeito Rogério Cruz é de que as pastas trabalhem de forma integrada e em diálogo.

“Mudanças no trânsito impactam diretamente o transporte público. As demandas de transporte estão aumentando muito, e estamos à disposição para trabalharmos em conjunto para melhorar cada vez mais”, afirmou.

Participaram da reunião, dentre outras autoridades, secretários municipais, dirigentes de sindicatos, associações e cooperativas empresariais.

Compartilhar em:

Notícias em alta