Hoje é 29 de fevereiro de 2024 03:12
Hoje é 29 de fevereiro de 2024 03:12

Rogério Cruz destaca avanços na saúde e prevê investimentos de R$ 1,7 bilhão

Lançado em outubro de 2022, programa 'Goiânia Adiante' projeta construção de 14 unidades de saúde em várias regiões da capital; ordens de serviços foram assinadas pelo prefeito

O prefeito de Goiânia Rogério Cruz (Republicanos) realizou nesta quarta-feira (4/1) assinatura da ordem de serviço para construção de unidade do Programa Saúde da Família (PSF) no Setor Lorena Parque, primeira obra do programa ‘Goiânia Adiante’, que projeta investimento de R$ 1,7 bilhão na capital.

A estimativa é que a unidade atenderá cerca de 20 mil moradores dos setores Luana Park, Lorena Parque, Carolina Parque e Expansão. A previsão de funcionamento é de seis meses.

“Foi com planejamento que conseguimos R$ 1,7 bilhão em caixa para realizar o maior programa de obras da história de Goiânia. É com planejamento, com transparência e com responsabilidade que vamos erguer obras fundamentais em todas as regiões da cidade”, afirma Rogério Cruz.

O novo prédio será formado por salas modulares, com placas de alta tecnologia, fiação e tubulação de fácil acesso, o que reduz custos com manutenção.

“Nós conhecemos essa tecnologia no Hospital de São José dos Campos, durante a pandemia. Em apenas 48 dias, foi erguido um hospital para cuidar dos pacientes de Covid, à época”, observou o prefeito.

A unidade contará com sete consultórios médicos e cinco equipes do PSF, compostas por médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, cirurgiões dentistas, auxiliares de saúde bucal e agentes comunitários de saúde.

O prefeito também destacou que será construída uma academia ao ar livre, nos moldes das implantadas pela Companhia de Urbanização de Goiânia (Comurg) nas praças, dentro do terreno da unidade de saúde.

“Isso irá estimular a prática de atividade física, que também é um método de prevenção para a saúde”, diz Rogério Cruz.

Prefeito anuncia construção de unidade de saúde na Região Oeste

Ainda na quarta-feira, Rogério Cruz anunciou a construção de uma unidade de saúde no Jardim Mirabel durante mais uma edição do programa, Prefeito nos Bairros, na Região Oeste da capital. Foram vistoriadas as condições das unidades de saúde, distrito sanitário e áreas que serão urbanizadas pelo município. O objetivo do projeto é ouvir a comunidade, que apresenta sugestões, pedidos e críticas diretamente ao prefeito.

“Estamos construindo 14 unidades de saúde novas em Goiânia. Assim que essa for aprovada, vamos lançar a ordem de serviço. Será uma construção rápida e logo mais esse benefício será entregue”, afirma o prefeito.

No Distrito Sanitário Oeste, Cruz anunciou que a unidade será revitalizada com recursos provenientes de Emenda Impositiva da vereadora Léia Klebia (PSC).

“É mais um trabalho em parceria entre a prefeitura e a Câmara visando o benefício da população. Vamos continuar trabalhando de mãos dadas buscando o melhor para cada região”, disse Rogério Cruz.

Nas vistorias, o prefeito estava acompanhado da primeira-dama, Thelma Cruz (Republicanos), da vereadora Léia Klebia, representante da região, e dos secretários Horácio Mello (Mobilidade), Michel Magul (Governo), Denes Pereira (Infraestrutura), Durval Pedroso (Saúde), Valfran de Sousa (Planejamento Urbano) e do comandante da Guarda Civil Metropolitana (GCM), Wellington Paranhos.

Obras da Upa Guanabara e Centro de Especialidades Municipal Pedro Ludovico Teixeira serão retomadas

Na manhã desta quinta-feira (5/1), o prefeito assinou ordens de serviço, também do programa Goiânia Adiante, para retomada das obras da Upa Guanabara e do Centro de Especialidades Municipal Pedro Ludovico Teixeira.

O início dos trabalhos nas unidades de saúde é imediato, com previsão de entrega em até 18 meses.

“Nosso trabalho é baseado em três pilares: planejamento, transparência e responsabilidade. 2021 foi de planejamento, 2022 iniciamos a execução e concluímos alguns objetivos. Agora o foco é entregar obras, principalmente as que estavam abandonadas ou sofreram distrato”, destacou o prefeito.

Cruz ressaltou que a readequação dos dois projetos resulta na ampliação e oferta de mais especialidades e atendimentos disponíveis à comunidade, sendo um avanço no atendimento das unidades. A capacidade anual de atendimento da Upa Guanabara, por exemplo, passará de 120 mil para 160 mil.

“É uma grande transformação nos projetos. Em relação à Upa Guanabara, a programação era para porte II, com uma reforma lenta, travada, com dificuldades de gestão. Foi necessário um ano de distrato com a empresa que não conseguiu tocar as obras”, detalha o secretário municipal de Saúde, Durval Pedroso.

A Upa Guanabara será de porte III, com atendimento adulto e infantil de urgência 24h, 15 leitos e capacidade para atender até 450 pessoas por dia, como prevê os critérios estabelecidos pelo Ministério da Saúde (MS). A obra será executada com recurso do Tesouro Municipal com valor de R$ 3.747.128,08.

A retomada das obras do prédio onde funcionará o Centro de Especialidades Municipal Pedro Ludovico Teixeira também ocorre após correção do projeto de construção e distrato com a antiga construtora. A reforma e ampliação, iniciadas em julho de 2020, foram suspensas em dezembro do mesmo ano.

O prédio, onde funcionava o Ciams, passará por diversas melhorias, como a readequação e ampliação de consultórios, troca de pisos, portas, telhados, rede hidrosanitária e parte elétrica. A obra também será executada com recursos do Tesouro Municipal a um valor de R$1.404.574.

A unidade atenderá diferentes especialidades, dentre elas: cardiologia, oftalmologia, urologia, endocrinologia, dermatologia, neurologia, otorrinolaringologia. O local passará a ofertar todas as especialidades disponibilizadas atualmente no Centro de Referência em Doenças Tropicais (CRDT).

O prédio também vai abrigar o Centro de Diagnósticos Avançado por Imagens, com realização de tomografia computadorizada, ultrassonografia, doppler e ecocardiograma.

“Na unidade também teremos o Centro de Endoscopia, onde serão ofertados, pela primeira vez, os serviços próprios de endoscopia digestiva alta e colonoscopia, um grande avanço no município na oferta desses exames”, destaca Durval Pedroso.

Nesta solenidade participaram, dentre outras autoridades, a primeira-dama Thelma Cruz; os vereadores Sandes Júnior (PP), Edgar Duarte (PMB), Thialu Guiotti (Avante), Joãozinho Guimarães (SD), Sargento Novandir (Republicanos) e Geverson Abel (Avante); secretários municipais Michel Magul (Segov), Denes Pereira (Seinfra e Semad) e Realle Palazzo (Secom); o comandante da GCM, Wellington Paranhos; o controlador-geral do Município, Gustavo Cruvinel; e os ex-vereadores Divino Rodrigues e Jorge do Hugo.

Compartilhar em:

Notícias em alta