Hoje é 23 de junho de 2024 20:28
Hoje é 23 de junho de 2024 20:28

Rogério Cruz quer levar órgãos da prefeitura para o Centro

Prefeito discutiu requalificação da região nesta segunda-feira com Fórum Empresarial e adiantou que, nesta semana, será iniciada instalação de 80 novos abrigos de ônibus no Centro
Prefeito de Goiânia, Rogério Cruz: “Estamos preparando o Centro não só para a população, o morador, o comerciante, mas para a própria prefeitura” // Fotos: Jucimar Sousa

O prefeito de Goiânia, Rogério Cruz (Republicanos), quer levar órgãos e departamentos da prefeitura para o Centro da capital. A informação foi dada durante reunião, nesta segunda-feira (5/2), com representantes do Fórum das Entidades Empresariais do Estado de Goiás, na sede da Federação do Comércio do Estado de Goiás (Fecomércio/GO). O encontro serviu para debater assuntos como Plano de Mobilidade Urbana, leis complementares do Plano Diretor, revitalização do Centro, Nota Fiscal Eletrônica e Código de Posturas.

“Estamos preparando o Centro não só para a população, o morador, o comerciante, mas para a própria prefeitura. Então essa condição que nós achamos é um ponto primordial que estamos trabalhando. De levar a prefeitura para o centro, levar os órgãos para o centro, dando condições e fazendo com que os moradores, comerciantes, empresários e investidores entendam, se a prefeitura está no centro, também posso estar, porque a garantia é para todos”, declarou, ao ser indagado se a região possui estrutura que comporta atração de novos serviços.

O objetivo, portanto, segundo Cruz, é que a prefeitura também dê exemplo para revitalização do Centro, dentro do programa Centraliza, que abarca diversas ações e projetos para promover a requalificação do Centro.

“A Secretaria de Direitos Humanos e Políticas Afirmativas já está no centro de Goiânia. O IMAs e o Procon estão no centro. Temos outras situações pontuais que queremos fazer com que esteja no centro, temos outros prédios que estamos avaliando para levar outras secretarias”, acrescentou, citando, ainda, que a Guarda Civil está montando uma estratégia de defesa do centro e a prefeitura busca um local para instalar uma base na região.

“Tudo isso são pontos que analisamos dentro dessa reunião do setor produtivo e hoje estamos com o resultado que é o Centraliza”, falou.

O prefeito explicou que as reuniões têm por objetivo ampliar discussões sobre temas diversos, alinhadas com o diálogo constante da gestão com diferentes segmentos. Durante a reunião o prefeito adiantou que, nesta semana, será iniciada a instalação de 80 novos abrigos de ônibus no Centro.

Empresários elogiam abertura para diálogo

Segundo o presidente da Fecomércio, Marcelo Baiocchi, as reuniões funcionam como um canal de comunicação com a gestão municipal.

“A gente precisa, cada vez mais, mostrar trabalho. Tem muitas coisas que podem ser feitas na mobilidade, por exemplo”, argumentou Baiocchi.

“Nunca tínhamos recebido, com a frequência que estamos recebendo, um prefeito da Capital para discutir os assuntos da cidade. Dessas reuniões, vários benefícios e várias ações foram aprovadas e estão sendo implementadas”, completou Baiocchi.

Durante o encontro, o presidente da Fieg, Sandro Mabel, também elogiou o secretariado municipal e o atendimento ágil às demandas apresentadas nas reuniões periódicas.

“As pautas evoluem e muita coisa é resolvida, até porque ele traz o secretariado junto. Então mostra atenção do prefeito e o proveito é sempre muito bom”, disse.

Compartilhar em:

Notícias em alta