Hoje é 18 de junho de 2024 05:15
Hoje é 18 de junho de 2024 05:15

TIM Music Goiás reúne 37 mil fãs de música em Goiânia

Cantora Iza falou sobre gravidez com colunista do Portal NG; e a jovem cantora Maduli, revelação da música pop no cenário local, destacou sua participação no festival
Iza quebrou o protocolo e desceu para interagir com o público / Foto: Carol Caminha

O final de semana do público que curte os ritmos como MPB, samba, trap, reggae, pop e rock nacionais contou com as atrações da primeira edição do TIM Music Goiás que trouxe representantes de todos estes estilos musicais em dois dias de shows no Centro Cultural Oscar Niemeyer (CCON), às margens da GO-020 saída para Caldas Novas. Com abertura de portões às 16 horas, e acesso gratuito nos dois dias, o evento contou a presença de influenciadores digitais, artistas nacionais aconteceu em condições climáticas de um tempo fresco com um visual de pôr-do-sol com a catarse de aurora boreal, conforme inúmeros registros em redes sociais que foram publicados pelos presentes. 

O primeiro dia de festival, no sábado (8/6), contou com as apresentações do grupo Pedra Bruta que teve a participação da jovem revelação musical Maduli. A consagrada cantora Sandra de Sá embalou os presentes os principais sucessos de sua carreira. Na sequência, a Banda Madá, acompanhada da cantora goiana Maíra, animou o público com um repertório que misturou vários estilos musicais. Em seguida, a cantora sertaneja Luiza Martins cantou suas músicas mais conhecidas.

A grande atração da noite foi a cantora pop carioca Iza, que começou sua apresentação com canções mais românticas como Fiu Fiu, Sem Filtro, Mó Paz, Dona de Mim e Meu Talismã. Com 20 semanas de gravidez, a compositora e dubladora de filmes infantis que irá batizar sua primeira filha com o nome de Nala (uma referência um personagem do filme Rei Leão que ela dublou em 2019) quebrou o protocolo ao descer do palco e andar pelo corredor que dividia o público, acenando, interagindo e sentindo a energia do público.

Isa e seus bailarinos durante o TIM Music Goiás no último final de semana / Fotos: Carol Caminha

Antes do show, Iza recebeu membros da imprensa e convidados para fotos e entrevistas no camarim. De forma muito educada e carinhosa, cumprimentou a todos os presentes com um abraço e beijo no rosto e conversou com todos. Ao colunista do Portal Notícias Goiás, Felipe Fulquim, Iza falou sobre a inspiração que a gravidez tem lhe trazido em termos de novas músicas.

“Ela é o grande amor da minha vida e estou aprendendo a ressignificar músicas por causa dela. Acho impossível que não nasça uma música para essa neném que já faz muita diferença na minha vida. Eu estou muito leve, feliz e agraciada por tudo que está acontecendo. Todo esse momento de criação e composição certamente vai ser afetado por essa gravidez”, revelou.

Com uma performance invejável e um grupo de bailarinos coesos, Iza cantou e dançou ao longo de todo show animando o público com os sucessos que vem cantando em festivais de renome nacional e internacional como o Rock In Rio e o Festival de Verão de Salvador. O público ouviu canções como Fé nas Malucas, Gueto, Ginga , Pesadão, Fé e Dona de Mim.

“Estou muito feliz por cantar no mesmo palco de Sandra de Sá e de Iza”, diz Maduli

Maduli tem conquistado os fãs por melodias dançantes e seu timbre de voz doce / Foto: Júnior Ribeiro

Espaço para novos talentos, o TIM Music Goiás teve diversas apresentações de artistas locais. Uma delas, a jovem estudante universitária, cantora e compositora, Maduli agradeceu a oportunidade de apresentar seu trabalho para uma plateia numerosa. “Estive cantando a convite dos meus amigos do Pedra Bruta, que são uns queridos e que também são uma banda local que está crescendo. Este é o maior festival no qual cantei até agora e estou muito feliz por estar no mesmo palco que Sandra de Sá, Maíra, Banda Madá e de Iza. De fato esse é um festival que está sendo a virada de chave da minha carreira”, disse.

Estudante de Publicidade e Propaganda na Universidade Federal de Goiás, Maduli, que mantém contato afinado com seus admiradores pelas redes sociais anunciando suas novidades musicais e locais onde se apresenta, revelou suas impressões durante a performance no palco do evento. “Foi incrível, vi muitos amigos e colegas da universidade entre a plateia, pessoas que sempre me apoiam nas minhas apresentações. Vi também a galera daqui apoiando os artistas locais. Quando toquei Devagarinho foi muito legal e bonito. Foi bom ter visto meu trabalho sendo reconhecido por todos”, evidenciou.

De acordo com a organização do evento, no sábado cerca de 12 mil pessoas estiveram presentes no CCON. Já no domingo o público presente ficou estimado em 22 mil participantes que assistiram aos shows de bandas como Os Gilsons, 7meia2, Marcelo Falcão e Hungria.

Compartilhar em:

Notícias em alta