Hoje é 22 de fevereiro de 2024 04:27
Hoje é 22 de fevereiro de 2024 04:27

Vereador CAC é preso por matar primo da namorada durante briga em festa

Os dois tinham desavença por conta do relacionamento do vereador com uma prima da vítima; vereador fugiu após o crime, se apresentou à polícia e foi preso
Vereador Sérgio Ricardo Bueno Araújo (à dir.) e a vítima: político tem registro da arma como CAC, mas não poderia estar com ela na festa // Foto: Reprodução

O vereador Sérgio Ricardo Bueno Araújo (UB), do município de Bom Jardim de Goiás, foi preso nesta segunda-feira (8/1) suspeito de matar o primo da namorada durante uma briga.

Segundo a polícia, os dois estavam em uma festa na noite de domingo (7/1), quando começaram a discutir. Durante a briga, o político pegou uma arma, atirou contra Warlei Nonato Barbosa de Jesus e fugiu.

A polícia apurou que os dois tinham uma briga antiga por causa do namoro do vereador com uma prima de Warlei Nonato.

“Devido a esse namoro, eles começaram esse desentendimento, que veio se prolongando com o passar do tempo”, conta o delegado Ramon Queiroz.

“Na noite de ontem [domingo] eles estavam juntos, no mesmo ambiente de uma festa, e eles acabaram se desentendendo, indo às vias de fato, uma briga que foi separada por testemunhas, mas que encaminhou para o disparo de arma de fogo e o homicídio”, explica o investigador.

Ainda de acordo com o delegado, Sérgio Bueno fugiu após o crime e se apresentou na delegacia no dia seguinte. Como a polícia ainda o procurava, foi feita a prisão dele em flagrante.

O político tem registro de arma de fogo como colecionador, atirador e caçador (CAC), mas a autorização é apenas para carregar a arma até os estandes de tiro. Portanto, o vereador não poderia estar com a arma na festa. Além do homicídio, ele deve responder por porte ilegal de arma de fogo.

O PORTAL NG não conseguiu identificar a defesa do suspeito até a última atualização dessa reportagem. O portal também pediu um posicionamento para a Câmara Municipal de Bom Jardim de Goiás, mas não teve retorno.

Compartilhar em:

Notícias em alta