Hoje é 19 de julho de 2024 21:16
Hoje é 19 de julho de 2024 21:16

Willian Panda: ‘Vilmar está conseguindo mostrar sua gestão, o que ele pensa pra Aparecida’

Vereador de Aparecida de Goiânia faz um paralelo entre as gestões de Vilmar Mariano de Rogério Cruz, em Goiânia, ambos eleitos vice-prefeitos, mas que assumiram o cargo de prefeito em momentos e circunstâncias distintas
Vereador Willian Panda, do PSB: “Mesmo com a dificuldade no Legislativo, percebo que a cidade de Aparecida de Goiânia está andando” // Foto: NG

Um dos mais articulados vereadores de Aparecida de Goiânia, Willian Panda (PSB) afirma que tem percebido avanços na gestão do prefeito Vilmar Mariano (MDB), que assumiu o cargo há pouco mais de um ano e meio. Em entrevista ao PORTAL NG, Panda faz um paralelo entre as gestões de Vilmar em Aparecida e de Rogério Cruz (Republicanos), em Goiânia. Ambos concorreram na eleição de 2020 como vice-prefeitos, mas Cruz assumiu o cargo em janeiro de 2021, com a morte de Maguito Vilela, enquanto Vilmar só sentou na cadeira de prefeito em abril de 2022, com a renúncia de Gustavo Mendanha para concorrer a governador.

“Eu vejo nessas últimas mudanças que de fato, diferente do Rogério Cruz, o Vilmar está conseguindo mostrar qual é a sua gestão, o que ele está pensando pra cidade”, diz Willian Panda, referindo-se às mudanças na equipe de auxiliares do prefeito aparecidense.

“Então mesmo com a dificuldade no Legislativo, percebo que a cidade está andando”, acrescenta, aqui referindo às constantes rusgas entre o prefeito e o presidente da Câmara, André Fortaleza (MDB).

O vereador do PSB, que foi secretário de Habitação e está na base de apoio ao prefeito, ainda considera que faz parte do jogo democrático o Executivo enfrentar dificuldades para aprovar matérias do seu interesse no Legislativo. Para Panda, o Executivo precisa entender que o Legislativo também tem pautas prioritárias e há propostas que não obtêm aprovação mesmo quando o prefeito possui maioria.

No caso de Aparecida de Goiânia, ele aponta que, com idas e vindas, os projetos prioritários para a cidade estão sendo aprovados: “Dos 14 projetos que foram protocolados em julho pelo Poder Executivo, nós aprovamos 13, só tem um projeto que está paralisado, que é o projeto da reforma administrativa”.

“Então é necessário trabalhar com o que você tem – e eu acho que o Vilmar está conseguindo fazer isso bem”, avalia, citando, ainda, o destravamento da votação do Orçamento do município para 2024.

Eventuais dificuldades na relação entre Executivo e Legislativo – frisa Willian Panda – são decorrentes da independência assegurada aos poderes. Por isso, podem ser vistas como positivas.

“Se não deu para fazer na primeira tentativa, a gestão pública permite buscar outro caminho. São poucas as vezes que você não tem saída na gestão pública”, analisa.

“Então a saída é trabalhar de forma democrática, de forma mais livre, entendendo que nem tudo que a gente quer resolver será resolvido da forma que a gente quer ou precisa, mas avançar. E eu acredito que a prefeitura tem conseguido avançar”, conclui.

Compartilhar em:

Notícias em alta