Hoje é 21 de julho de 2024 17:34
Hoje é 21 de julho de 2024 17:34

Cinco pessoas são presas investigadas por aplicar golpe do bilhete premiado

Suspeitos foram presos em flagrante depois de supostamente terem feito mais uma vítima, que teve um prejuízo de R$ 270 mil
Operação da Geic prende cinco investigados por golpe do bilhete premiado. Foto: Polícia Civil

Na última terça-feira (11/06), cinco pessoas foram presas suspeitas de praticarem o chamado Golpe do Bilhete Premiado. Os investigados foram detidos em flagrante após uma vítima denunciar um prejuízo de R$ 270 mil.

A ação da Polícia Civil, por meio do Grupo Especial de Investigações Criminais (Geic), desmantelou a suposta organização criminosa constituída, segundo a corporação, para a prática de crimes de estelionato.

A operação que resultou na prisão dos suspeitos contou com o apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Michel Ferreira, Andresa da Silva Becker e Diego dos Santos Cruz foram presos em um veículo Chevrolet Onix no posto da PRF em Morrinhos. Simultaneamente, a equipe do Grupo de Repressão a Narcóticos (Genarc) de Itumbiara, em auxílio ao Geic, prendeu Jeferson Rodrigues Martins e Thainara Guedes Rosa em um Ford Fiesta na praça de pedágio de Itumbiara.

A investigação aponta que a suposta quadrilha, oriunda de Passo Fundo (RS), havia vindo a Goiânia especificamente para aplicar o golpe. No dia 13 de maio, eles teriam causado um prejuízo de R$ 170 mil a outra pessoa.

Segundo a Polícia Civil, a vítima era abordada por um dos suspeitos que afirmava ser da zona rural e pedia ajuda para encontrar um endereço onde seria paga pelo prêmio de uma rifa. Em seguida, outro integrante se apresentaria como um conhecedor de apostas lotéricas. Ele então, supostamente, solicitava os dados da pessoa e, assim, operava a fraude.

Compartilhar em:

Notícias em alta