Hoje é 21 de julho de 2024 16:39
Hoje é 21 de julho de 2024 16:39

Romário Policarpo encaminha para sanção do prefeito lei que regulamenta progressões para servidores operacionais

Articulada pelo presidente da Câmara de Goiânia, nova legislação tem como objetivo motivar trabalhadores do município a buscarem qualificação, por meio de melhoria salarial e estímulo à qualificação profissional
Romário Policarpo, presidente da Câmara de Goiânia: “Quando você dá oportunidade a esses trabalhadores de ter o reconhecimento vindo no contracheque, eles procuram conhecimento” // Foto: Arquivo

O presidente da Câmara de Goiânia, vereador Romário Policarpo (Patriota), encaminhou para a sanção do prefeito Rogério Cruz (Republicanos) a lei que regulamenta as progressões, mediante qualificação profissional, na carreira dos servidores operacionais da administração municipal. A matéria, de autoria do Paço Municipal, foi aprovada por meio de articulação de Policarpo.

O texto aprovado estabelece que as progressões salariais ocorram de duas maneiras: verticalmente, com base no tempo de serviço e na conclusão de cursos de ensino fundamental, médio ou superior; e horizontalmente, levando em consideração o tempo de serviço e avaliações de desempenho positivas. O objetivo da lei é estimular a qualificação desses servidores para o exercício das atividades da gestão.

Fruto da articulação de Policarpo e do presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Município de Goiânia (SindiGoiânia), Ronaldo Gonzaga, a aprovação do projeto significa mais renda e reconhecimento para os servidores do município.

“Quando você dá oportunidade a esses trabalhadores de ter o reconhecimento vindo no contracheque, eles procuram conhecimento. Servidor público operacional deve estudar, sim, se qualificar e melhorar sua remuneração por mérito”, afirma Policarpo.

A vereadora Aava Santiago (PSDB) avalia a vitória para os servidores operacionais da prefeitura como um “momento histórico” e que isso “se deve a Policarpo”. O vereador Anselmo Pereira (MDB), líder do prefeito na Câmara de Goiânia, também elogiou a articulação do presidente da Casa pelos servidores operacionais: “Peregrinou com esse projeto por um bom tempo e fez com que chegasse a essa casa junto com os movimentos sindicais”, disse o emedebista.

Compartilhar em:

Notícias em alta